X

NOTÍCIAS

Publicada em 23/06/2020 às 16:04 | Atualizada em 24/06/2020 às 21:44

Miley Cyrus relembra cirurgia nas cordas vocais e revela que está sóbria há seis meses

A cantora também falou sobre uma possível colaboração entre seu alter ego Ashley O e Justin Bieber

Da Redação

Divulgação

Miley Cyrus participou do podcast The Big Ticket da revista Variety e falou sobre o quadro que criou durante esta quarentena, o Bright Minded. Os episódios do especial foram ao ar no Instagram de Miley e contou com a presença de diversas celebridades, como Elton John, Selena Gomez, Demi Lovato, Paris Hilton e até mesmo Anitta!

Eu amei como realmente não havia pressão. Era como se, se o programa terminasse, se o programa tivesse alguns problemas de tecnologia, não importasse, seria apenas fazer porque eu amava aquilo. 

A artista disse que existe uma possibilidade do quadro virar um programa de televisão, já que soltou um Veremos quando perguntada sobre isso. Já ao responder sobre Black Mirror, ela não foi nada breve.

Havia algumas semelhanças óbvias na personagem que eu interpretei antes que realmente se tornaram minha vida, como se ela quisesse explorar o rock'n'roll e mudar os gêneros. Isso é algo que, logo após Hannah Montana, era realmente importante para mim. A principal diferença para mim é que não tenho uma tia Catherine. Minha mãe tem sido minha agente. Estou com quase 30 anos e não compro uma lâmpada para minha casa sem perguntar à minha mãe se é a certa. Sem meus pais, aposto que minha vida teria sido mais parecida com a história de Ashley O. O que realmente me faz diferente de Ashley são meus pais e a equipe que meus pais colocam ao meu redor. Como quando eu estava procurando uma agente, contratamos quem Dolly (Parton) me disse que seria meu protetor. Não tinha nada a ver com Ele vai fazer você ser uma estrela. Foi: Você se sentirá confortável com seu filho viajando com ele e ele cuidará dela e respeitará [seus] valores.

Ela também falou sobre como foi a experiência de performar como Ashley O.

Filmamos na África do Sul. Eu realmente gostei do tempo que passei lá. Fiz discos e viajei por todo o mundo, mas passei cerca de um mês lá e gravei nos estúdios e trabalhei com alguns coreógrafos com os quais talvez não tivesse trabalhado antes. Foi apenas uma experiência muito legal, estar tão isolada da minha família e amigos. Eu consegui me desconectar de verdade e entrar na Ashley. Quando Ashley acorda do coma e é totalmente traumático, esse foi o dia em que perdi minha casa em Malibu pelos incêndios. Eu fui capaz de me livrar desse trauma e usá-lo na cena. Houve momentos em que eu tive que parar e sair e me descontrolar totalmente. Foi apenas um momento muito interessante para mim, porque muita coisa estava desmoronando na minha vida pessoal, e era a mesma coisa que acontecia na vida de Ashley. Isso me deu muito o que usar.

Miley não descartou a possibilidade de rolar uma colaboração entre Ashley O e Justin Bieber.

Cara, acho que poderíamos criar algo muito, muito, muito especial. A partir de agora, nada está em andamento, mas eu lembro que estava sentada na frente dele na estreia do filme dele. Eu tinha 16 anos de idade, algo assim. Ele se inclinou para mim e pediu conselhos de uma maneira muito suave e amigável. Eu disse: Apenas tente se lembrar de tudo, tente gravar no seu cérebro e lembre-se de tudo, porque há muitos momentos da minha vida em que minha mãe fica tipo: Você se lembra quando você se apresentou para a rainha? E eu respondo, tipo, Não. Havia tanta coisa acontecendo, tanto para uma jovem absorver que eu não me lembrei de aceitar tudo. Isso é algo que meu pai sempre me ensinou, No palco, seja quando você chegar lá ou quando estiver prestes a sair, tire uma foto em sua mente. E lembre-se, saboreie e absorva.

A cantora falou de um de seus arrependimentos.

Uma das minhas entrevistas favoritas é quando digo: Quem fuma maconha é um otário. Aquela que eu amo enviar para meus pais, que são grandes drogados, de vez em quando. Foi muito importante para mim ao longo do ano passado viver um estilo de vida sóbrio, porque eu realmente queria aprimorar meu ofício. Eu fiz uma cirurgia vocal muito grande em novembro. Eu tive quatro semanas em que não tinha permissão para conversar. Eu estava tão desesperada escrevendo em um quadro branco, gritando com todo mundo [risos]. Eu tinha esse grande bíceps por apenas gritar com a mãe e ainda tentar fazer reuniões. Mas isso me preparou para a quietude.

A cirurgia, inclusive, foi um dos tópicos do bate-papo.

Meu médico olhou para minhas cordas vocais e disse: Ninguém tímido precisa fazer essa cirurgia. Isso é do uso excessivo das cordas vocais. Não é surpresa que eu tive isso. Eu estou em turnê desde os 12 anos de idade, mas nem é a turnê a parte mais difícil. É você ficar acordado até tarde, fazer meet-and-greets e coisas assim. E, obviamente, eu acabo falando um pouco.

Felizmente, Miley tirou algum proveito desse procedimento: a sobriedade.

Estou sóbria há seis meses. No começo, era apenas sobre essa cirurgia vocal... Mas eu me peguei pensando muito em minha mãe. Minha mãe foi adotada e eu herdei alguns dos sentimentos que ela tinha, os sentimentos de abandono e o desejo de provar que você é querido e valioso. Os pais do meu pai se divorciaram quando ele tinha três anos de idade, então meu pai se criou sozinho. Eu procurei saber muito da história da família, que tem muitos desafios de dependência e saúde mental. Então, bastou passar por isso e perguntar: Por que sou do jeito que sou? Ao entender o passado, entendemos o presente e o futuro com muito mais clareza. Eu acho que a terapia é ótima.

E entregou a melhor parte de estar sóbria.

É realmente difícil porque, especialmente sendo jovem, existe o estigma de você não é divertido. É como, Querida, você pode me chamar de muitas coisas, mas eu sei que sou divertida. O que eu mais amo é acordar 100%, 100% do tempo. Não quero acordar tonta. Eu quero acordar me sentindo pronta.

A seguir, veja outros famosos que já falaram sobre dependência química:


Em 2014, ao The Hollywood Reporter, Zac Efron relembrou a época de vícios: - Eu estava bebendo muito. Nunca é uma coisa em específico. Quer dizer, você está em seus 20 e poucos anos, solteiro, vivendo a vida em Hollywood, sabe? Tudo é jogado em cima de você. É uma luta sem fim, mas eu acabei de começar a ir a um aconselhamento. E eu acho que mudou a minha vida. Estou muito mais confortável em minha própria pele. As coisas estão muito mais fáceis agora.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual casal você gostaria que anunciasse uma gravidez ainda este ano?

Obrigado! Seu voto foi enviado.