X

NOTÍCIAS

Publicada em 26/06/2020 às 10:18 | Atualizada em 26/06/2020 às 10:33

Mayra Cardi revela relacionamento abusivo, manipulador e cheio de traições com Arthur Aguiar: - Eu não sei quem estava na minha cama todo esse tempo

A coach relatou que colocou o ex-marido à frente de todos os seus negócios para que ele se sentisse mais útil

Da Redação

Divulgação

Mayra Cardi compartilhou um vídeo surpreendente nesta sexta-feira, dia 16, em seu perfil do Instagram. A coach revelou que o seu casamento com Arthur Aguiar, que aos olhos de muitos podia parecer um conto de fadas, na verdade era extremamente tóxico.

- Eu vivi em um relacionamento abusivo e manipulador, onde eu era extremamente traída durante muitos anos, disparou a influenciadora.

No início do vídeo, ela explicou que, apesar de ter anunciado a separação em maio deste ano, ainda estava em um relacionamento com Arthur.

- Eu e o Arthur tínhamos voltado. A gente estava namorando porque existe muito amor. Quer dizer, da minha parte, existe. Da dele, eu não sei mais, porque eu não sei quem é ele. Eu não sei quem estava na minha cama todo esse tempo. Eu desconheço. Eu amo o pai da minha filha. Eu não demorei 18 anos para ter outro filho se eu não confiasse nele, se não acreditasse nele. Eu depositei todos os meus sonhos na mão dele. Eu depositei tudo o que eu tinha, o meu dinheiro, botei ele em todas as minhas contas... Como ator principal. Botei ele à frente das minhas empresas, dos meus negócios, para que ele se sentisse mais útil - porque quando a gente se conheceu, ele tinha acabado de falir. Ele tinha investido todo o dinheiro na música e não tinha dado certo, e ele estava se sentindo mal. E aí eu me apaixonei completamente. Ele é encantador, bonito, inteligente, manipulador... Foi fácil me apaixonar por ele, foi muito fácil. Foi fácil casar.

Depois, ela afirma que colocou o ex à frente de seus compromissos profissionais porque ele estava falido.

- O sonho dele era ter uma filha, então eu engravidei. Logo em seguida que eu engravidei, ele foi desligado da Globo. Ele é ator e cantor, mas fazia muito tempo que ele não lançava mais música, então ele estava desempregado. E eu fiz de tudo para ele se sentir mais forte, mais homem. Para que não se sentisse humilhado nunca. E eu daria tudo de novo, faria tudo de novo. Talvez eu tenha feito muito. Talvez essa minha mania de trabalhar, de ser uma mulher independente, de dar conta de tudo, da casa, das coisas, de não precisar de ninguém para nada, de ser autossuficiente... talvez tenha feito ele se sentir menos homem. Talvez, para ele se sentir mais homem, ele tenha me traído tanto. Pode ser, me responsabilizei por isso também, pelas traições dele. Fui cega, até mesmo porque era conveniente - eu demorei 18 anos para acreditar em alguém - e aí, de repente, quando eu acredito... a minha gravidez começou a ser um inferno. E dali eu resolvi que ia dar m***a. Mas era mais fácil fingir que não.

Segundo Mayra, ela foi perdendo a sua própria identidade com toda a manipulação e descaso que sofria.

- Quando eu menos percebi, eu já tinha deixado de ser eu. As pessoas não me reconheciam. Eu sabia que não era mais eu, eu estava deixando de ser eu. [...] Quando eu tive a Sophia, eu criei muita expectativa de que ele fosse um pai perfeito, e um marido perfeito. E eu colaborei muito, sou muito responsável pelas mentiras que eu criei. Para que ele acreditasse, para que ele talvez um dia fosse tudo o que eu quisesse. Ele não queria babá antes da Sophia nascer, porque ele achava que a gente tinha que cuidar da nossa filha sozinhos. Eu concordei, mas eu cuidei sozinha. Sem ele e sem babá. Eu estourei todos os meus pontos durante a minha gravidez, porque de madrugada, eu tinha que levantar para dar de mamar, para trocar, enquanto ele assistia série lá embaixo no sofá. E eu comecei a me sentir largada, humilhada, e as traições começaram. E é muito duro. Eu caí numa depressão braba pós-parto, e lá fiquei. Até que eu entendesse que eu morreria se eu continuasse ali. E aí eu tive que criar forças sozinha.

Ela tentou renascer por meio do trabalho, mas foi então que os casos de infidelidade começaram.

- Quando a Sophia fez cinco meses, eu peguei um trabalho gigantesco em uma empresa, no prédio da bolsa de valores. Fui coach de todo o pessoal. Eu acordava cinco da manhã, dava mamar para a Sophia, atravessava a cidade inteira para trabalhar como louca, passava o dia inteiro sem comer, saía à noite, voltava para casa, dava mamar para a Sophia... enquanto ele me traía. Eu entendi que já era. Que eu fiz as escolhas erradas. Mas eu continuei lutando pela minha família, pelo que eu sonhava. Eu queria que ele mudasse, eu acreditei em tudo. Queria tanto que fosse verdade...

Mayra ainda contou que se sentiu humilhada quando pedia para que Arthur o ajudasse durante o período em que se recuperava de uma cirurgia. Apesar de ter dito que iria se divorciar, a coach deu mais algumas chances para o cantor.

- Eu fui criando forças para me separar. Quando eu finalmente estava forte, eu fiz aquele vídeo. Joguei logo na internet, o mais rápido possível, antes que eu mudasse de ideia. E eu perdoei tudo que ele me fez, todas as traições. Sinto muito por todas as famílias que ele destruiu, além da minha. Sinto muito. Alguns maridos me ligaram. E aí eu comecei a perceber que eu tinha que fazer alguma coisa. Então eu terminei, disse para ele tocar a vida dele, que ele fosse um bom pai e que assumisse a Sophia como um bom pai, e que isso eu ia cobrar. E que dane-se se ele não estava sendo um bom marido. Ele pediu para ficar, chorou, falou que ia mudar, e fez tudo o que ele sempre fez a vida inteira... E eu acreditei. [...] Em dois dias ele já estava com outra mulher... É uma piada? Não, é verdade. De novo?   

Por fim, a influenciadora diz que nenhuma mulher merece passar por situações como essa, e que era por esse motivo que ela estava fazendo este relato. Forte demais, não é? Assista ao vídeo completo abaixo:

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Mayra Cardi (@mayracardi) em

Relembre, a seguir, outras declarações e desabafos de Mayra Cardi:


Toda empoderada, Mayra ainda postou um baita desabafo falando sobre como, por muito tempo, agiu de acordo com o que as pessoas pensavam dela e não possuía orgulho de si mesma, e ainda disse que isso se dava por conta da criação machista que recebeu: -Existiu um momento da minha vida em que eu era apenas uma esponja... sugando tudo que todos falavam ou faziam... simplesmente imitando o que alguém disse que era o certo, sem refletir o que EU pensava sobre aquilo, logo... sem pensar e só repetindo assim como um papagaio! Até o dia de finalmente aprendi que ninguém é igual a ninguém e exatamente por sermos e pensarmos diferentes somos seres ÚNICOS e aí está a graça da vida, não existe evolução sem divergência de opinião, por mais que quase todos gostem de azul, o mundo seria muito chato somente com azul! Fui criada por um pai e família de machistas onde ter orgulho do próprio corpo seja ele, grande, pequeno, mole, duro, com estria, sem estria com gordura ou sem... era errado. (...) Eu tenho orgulho de quem sou, da alma, da dedicação, da história, da vida... do corpo também, porque não teria? Afinal de contas essa casa aqui habita a minha vida inteira e cuidarei dela com todo amor sempre, isso aqui não é vídeo game, é minha vida é única! E sou muito grata por estar viva, o mínimo que posso fazer para agradecer a vida que Deus me deu é cuidar da minha casa com muito orgulho e amor. Legal, né?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual famosa mais te surpreendeu ao ter seu nome envolvido na polêmica de Arthur Aguiar?

Obrigado! Seu voto foi enviado.