X

NOTÍCIAS

Publicada em 12/07/2020 às 11:14 | Atualizada em 12/07/2020 às 12:01

Johnny Depp pede para Amber Heard cortá-lo com uma faca em áudio apresentado no tribunal de Londres: - Se você não fizer isso, eu farei

As evidências foram apresentadas durante o julgamento do processo de Depp contra o jornal The Sun

Da Redação

Montagem-The Grosby Group

Como você pode acompanhar aqui no ESTRELANDO, a polêmica acerca do suposto relacionamento abusivo de Johnny Depp e Amber Heard, casal que se separou em 2016, parece longe de acabar. Na última semana, foi levado ao tribunal de Londres o processo que o ator abriu contra o veículo The Sun por chamá-lo de espancador de esposas em um artigo de 2018, e foram apresentadas diversas provas do comportamento violento de Depp.

Nos depoimentos mais recentes do caso, Depp admitiu comportamentos agressivos e autodestrutivos após ser confrontado com um vídeo no qual ele segura uma faca e pede para a então esposa Amber cortá-lo, depois sugerindo que ela se cortasse também: 

- Me corte onde você quiser. Você quer me cortar em algum lugar. No braço, no peito? Onde você quer cortar? Me corte! Corta, corta, corta! Se você não fizer isso, eu farei. Eu quero olhar pra você. Existe uma forma para que essa dor vá embora.

A gravação apresentada também mostra que Johnny chama Heard de marica quando ela se recusa a cortá-lo. Em paralelo, a atriz pede a Johnny que ele não se machuque:

- Não corte sua pele. Por favor, não corte sua pele. Por que você faria isso? Por favor, não. Abaixe a faca. Só abaixe a p*rra dessa faca. Não! Eu sei que você está com dor, mas não faça isso. Não faz isso [a dor] passar.

Outra das provas apresentadas pelo The Sun em sua defesa foi uma série de mensagens escritas por Depp onde o ator afirma que irá cortar o pênis de Elon Musk, com quem ele acusa Amber de traí-lo durante o casamento. A atriz namorou Elon por cerca de um ano depois de se separar da estrela de Piratas do Caribe.

Nas mensagens, Johnny refere-se a alguém que chama de Molusco, em inglês Mollusk, supostamente fazendo alusão ao sobrenome de Elon:

Vamos ver se o Mollusk tem um par [de bolas], venha me ver cara a cara. Eu vou mostrar a ele coisas que ele nunca viu antes, como o outro lado do seu p*nto, quando eu cortá-lo fora.

Além disso, o ator também teria admitido na corte que, nos anos 1990, destruiu um quarto de hotel em Nova York, nos Estados Unidos, enquanto Kate Moss, sua namorada na época, estava dormindo. O relato do ator afirma que as ações foram motivadas por um ataque de fúria e causaram um prejuízo de dez mil dólares, o equivalente a 53 mil e 384 reais na cotação atual. Apesar disso, ele teria se proposto a pagar por todos os estragos e negou que tenha agredido fisicamente a atriz.

Mais uma das evidências que o jornal britânico teria apresentado é um convite para o ensaio de casamento de Johnny e Amber, no qual se lê:

Sete da noite / Jantar de ensaio / Baile no after / Drogas e música.

Questionado sobre a intenção do convite, o ator admitiu que houveram drogas tanto na festa quanto no casamento em si, e que tudo havia sido organizado para que os convidados tivessem livre acesso à elas.

A seguir, entenda a polêmica relacionada ao fim do casamento entre Amber e Johnny:


Já em abril de 2019, Johnny alegou ter provas incontestáveis de que não tinha agredido Amber. Ele reuniu algumas imagens de câmeras de vigilância e depoimentos para comprovar as suas declarações. Agora, é a atriz que não responde aos argumentos do ex-marido. Será que o jogo virou?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você ficou triste ao saber que Chaves não será mais exibido na TV?

Obrigado! Seu voto foi enviado.