X

NOTÍCIAS

Publicada em 15/07/2020 às 07:31 | Atualizada em 15/07/2020 às 07:37

Família de Naya Rivera se pronuncia pela primeira vez após morte da atriz: O céu ganhou um anjo

De acordo com o site TMZ, a família da atriz exaltou o trabalho feito pelos policiais durante as buscas

Da Redação

The Grosby Group

Os familiares de Naya Rivera, que foi encontrada morta aos 33 anos de idade na última segunda-feira, dia 13, após desaparecer durante um passeio de barco com o filho, quebraram o silêncio sobre a tragédia. De acordo com o site norte-americano TMZ, a família da atriz, que ficou conhecida por viver Santana na série Glee, falou sobre o apoio e carinho de amigos e fãs.

- Enquanto lamentamos a perda de nossa bela lenda, nos sentimos abençoados por honrar seu legado eterno e seu espírito contagiante. Naya tinha um talento incrível, mas era uma pessoa ainda maior como mãe, filha e irmã. 

A família de Naya também agradeceu aos homens e mulheres das polícias de Ventura, Tulare e San Luis Obispo, regiões da Califórnia, Estados Unidos, pelos esforços incessantes em encontrar a atriz. 

- Estendemos nossa infinita gratidão e aplausos aos heróis que a encontraram. Obrigado a seus amigos, colegas e fãs pelo apoio contínuo. O céu ganhou um anjo. Pedimos gentilmente que nossa privacidade seja respeitada durante esse período difícil.

Naya foi encontrada depois de desaparecer no último dia 8, quando alugou um barco para passear com o filho Josey, de quatro anos de idade, em um lago. De acordo com o relato da criança, que foi encontrada sozinha no barco, ele e a mãe nadaram e depois ela o ajudou a subir de volta na embarcação. Na sequência, a atriz desapareceu na água.

O corpo de Naya foi encontrado cinco dias após seu desaparecimento e, ainda segundo o TMZ, a causa da morte foi um afogamento acidental. 

Não há indicação na investigação ou nos exames que mostrem que álcool ou drogas tenham tido um papel na morte, mas haverão mais testes toxicológicos, diz um documento obtido pelo site.

A seguir, relembre os famosos que nos deixaram em 2020:


Nick Gordon, que foi legalmente responsabilizado pela morte da filha de Whitney Houston, Bobbi Kristina Brown, morreu aos 30 anos de idade, na Flórida, nos Estados Unidos. De acordo com o TMZ Nick era namorado da filha de Whitney, e sofreu uma overdose no dia 1º de janeiro de 2020. Em 2015, foi Gordon, acompanhado de um amigo, quem encontrou Bobbi em uma banheira, com o rosto virado para baixo, o que a deixou em coma, e, posteriormente, causou sua morte. A família de Brown o processou por negligência, já que ela teria ingerido uma mistura de drogas antes de entrar no banho. Ele foi condenado a pagar 36 milhões de dólares à família de Kristina, em 2016.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou de Khloé Kardashian ter voltado com Tristan Thompson?

Obrigado! Seu voto foi enviado.