X

NOTÍCIAS

Publicada em 13/09/2020 às 14:05 | Atualizada em 13/09/2020 às 14:42

Cristiana Oliveira relembra que não queriam que ela interpretasse Juma em Pantanal

A atriz recebeu o papel de Muda, mas preferiu a protagonista

Da Redação

Divulgação

Quem assistiu a Pantanal nos anos 90, na Rede Manchete, nem imagina que Cristiana Oliveira, que se encaixou perfeitamente no papel de Juma, teve que brigar muito para assumir a protagonista.

A Rede Globo está preparando uma refilmagem da novela para 2021 e muito se está especulando sobre quem interpretará a personagem selvagem. Então, o jornal Extra aproveitou a oportunidade para conversar com Cristiana e resgatar algumas lembranças da produção na sua época.

- Tinha dia em que eu fazia um bate-volta Rio de Janeiro, Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, pegava um teco-teco ou um jatinho, o que tivesse, viajava 50 minutos até o set, me arrumava, gravava, almoçava e voltava porque tinha mais cenas no Rio, em estúdio, na manhã seguinte. Em uma época em que não havia celular, relembra.

Sua participação no folhetim clássico é guardada com muito carinho, mas foi preciso muita insistência para que ela conseguisse o papel que queria:

- Estava em Kananga do Japão quando o Jayme [Monjardim, diretor], disse que ia me tirar da novela para fazer Pantanal. E eu fiquei meio assim, estava bom lá. Ele pediu que eu lesse o texto e me ofereceu a Muda [papel de Andréa Richa]. Li, percebi que a tal da Muda só entraria depois e não tinha muita coisa sobre ela. Aí, li a Juma. Fiquei enlouquecida. Briguei e briguei muito por ela! E Jayme negou todas as vezes. Até hoje, não sei de quem foi a palavra final, se dele ou do Bené [Benedito Ruy Barbosa, autor].

Apesar de a participação ter alavancado a sua carreira, Cristiana estava passando por um momento delicado na vida pessoal, com o fim de seu casamento de seis anos com o fotógrafo André Wanderley, e ainda teve que lidar com a distância de sua filha de três anos de idade, além da exposição.

- Era duro demais ficar longe [da Rafaella]. Ninguém podia levar filho ou família. Rezava para ir logo para Campo Grande e telefonar para ela. Porque, onde a gente gravava, só tinha rádio e ficava um monte de gente em volta. Nenhuma privacidade. Uma vez, em uma conversa com o meu ex, falei umas coisas e na semana seguinte estava na Veja o que eu disse, contou.

No entanto, hoje, ela nem pensa que poderia voltar a entrar na pele de Juma, confessa, porém, que voltaria para o elenco se fosse para interpretar a Filó, personagem que na versão original foi de Tânia Alves e Jussara Freire.

Agora, confira o antes e o depois do elenco de Pantanal!


Até Marcos Caruso integrou o time de atores da novela Pantanal. O ator deu vida ao inocente Tião, que era humilhado pelos mais fortes. Marcos já fez bons papeis na televisão, como em Mulheres Apaixonadas, Páginas da Vida e Avenida Brasil, todas da Globo. Ele ainda continua na ativa, sendo que recentemente interpretou o personagem Feliciano em A Regra do Jogo. Recentemente, ele fez Escolinha do Professor Raimundo, como Seu Peru, e esteve em O Sétimo Guardião.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Retrospectiva: qual famosa você acha que bombou mais em 2020?

Obrigado! Seu voto foi enviado.