X

NOTÍCIAS

Publicada em 12/01/2021 às 16:02 | Atualizada em 12/01/2021 às 15:48

Seguranças de Carlinhos Maia ajudaram Henri Castelli durante agressão, diz jornalista

Testemunhas revelaram que os seguranças do hotel não deram nenhum tipo de suporte ao ator e nem separam a briga

Da Redação

Divulgação

Como você viu aqui no ESTRELANDO, Henri Castelli abriu o coração na noite da última segunda-feira, dia 11 e relatou que teve que passar por uma cirurgia porque sofreu uma agressão quando estava em Alagoas. Visivelmente abalado e com medo de sequelas, o ator acabou comentando com detalhes que foi derrubado no chão sem o menor sentido e agredido por desconhecidos. 

Depois de ir publicamente tocar no assunto e desmentir que se machucou durante um treino na academia, o assunto ganhou proporção, é claro, e segundo a jornalista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, Henri foi salvo por um dos seguranças de Carlinhos Maia no local em que estava sendo terrivelmente agredido. E quem acabou confirmando para a colunista foi o próprio influenciador

- A confusão era do lado da minha casa de praia. Eu estava com eles, mas na hora da agressão, eu estava no restaurante do lugar. Sim, eu dei suporte com segurança e carro.

Ainda de acordo com Fábia Oliveira,  algumas testemunhas comentaram que o artista chegou ao local acompanhado por amigos e estava com o celular na mão, e com a cabeça baixa na hora das agressões, ou seja, ele não reagiu. A jornalista ainda pontuou que os agressores apontados pelas testemunhas são filhos de um ex-governador, que também estavam acompanhados do prefeito de Barra de São Miguel. 

Já o jornal Extra teve acesso até ao depoimento de umas das testemunhas que comentou que os seguranças do hotel não deram nenhum tipo de suporte para separar a briga, e o estabelecimento se recusou a entregar as filmagens dos acontecimentos.

- O pessoal era amigo do prefeito da cidade e do dono do Marina [nome do ambiente em que Henri Castelli chegou até a fazer alguns Stories antes da briga], que eles esconderam as câmeras. Se o Henri tivesse feito qualquer coisa, eles seriam os primeiros a divulgarem essas filmagens. Eles estão privando a gente disso, porque o dona do Marina é amigo dos caras e está protegendo os amigos. Fora que os seguranças não prestaram socorro, o processo civil cabe para eles também!

A testemunha que relatou o ocorrido ao Extra ainda deu mais detalhes e contou como que aconteceu a agressão.

- O dono do Marina, Zezeco [prefeito], tinha pedido ao Henri para quando ele fosse lá, postasse no Instagram, para ajudar a divulgar. Na hora que a gente chegou, Henri foi lá, filmou o cantor tocando, postou e ficou mexendo no celular. De repente, o segurança do Carlinhos Maia, que estava com a gente veio e falou: 'pega o Henri', e separamos a briga. Os agressores tem barcos na Marina e são as pessoas mais ricas de lá.

Além de Carlinhos Maia que estendeu o braço durante o problema, Latino acabou se pronunciando após o ocorrido e saiu também em defesa do global, e em suas redes sociais Latino desabafou:

Força, Henri Castelli! Todo ser humano que é carregado de luz acaba passando por isso. Muitos homens inseguros por aí, caras que tratam suas mulheres de forma abusiva e elas, por sua vez, ficam com medo de denunciar. Eu tenho fé em Cristo que a mulher 'responsável' por isso vai acabar denunciando o filho da p*** do namorado que fez isso. Não vejo outro motivo por isso ter acontecido, cara. Inveja tem limite! Aff.

Complicado, né!? Esperamos que a Justiça resolva esse assunto de vez e que Henri Castelli tenha uma ótima recuperação.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Khloé Kardashian exagera nas edições de suas fotos?

Obrigado! Seu voto foi enviado.