X

NOTÍCIAS

Publicada em 26/06/2021 às 12:10 | Atualizada em 26/06/2021 às 12:19

Virgínia Fonseca abre o jogo sobre depressão pós-parto: - A responsabilidade triplica

A influenciadora contou que se sente mais preocupada depois do nascimento de Maria Alice

Da Redação

Divulgação

Em novo vídeo de seu canal do YouTube, Virgínia Fonseca falou sobre depressão pós-parto. A influenciadora, que é mãe de Maria Alice, fruto do relacionamento com o cantor Zé Felipe, foi questionada por um internauta:

Você teve ou está tendo algum sintoma de depressão pós-parto?

Virgínia revelou que se sente mais tensa depois que se tornou mãe, e afirma que a responsabilidade aumenta muito:

- Não depressão, mas eu me sinto um pouco mais preocupada, fico mais tensa por conta da responsabilidade que agora eu tenho. Esses dias não fiquei depressiva, mas fiquei meio para baixo, pelo fato de ser muita responsabilidade.

A influenciadora continua, dizendo que a obstetra que cuidou de sua gestação teve medo de ela desenvolver depressão pós-parto:

- A responsabilidade triplica. Quando está na barriga já tem a responsabilidade. Quando sai da barriga parece que triplica. Não foi depressão, não tive isso de depressão pós-parto. Sei que tem muitas mulheres têm, inclusive a minha obstetra ficou com medo de eu ter. Ela perguntava todos os dias se eu estava bem. Mas eu não tive, graças a Deus. É só às vezes quando vem o peso, a cobrança, mas depois passa, tudo passa.

A seguir, assista o momento em que Virgínia fala sobre o assunto a partir do minuto quatro:


Logo abaixo, veja as famosas que já desabafaram sobre as dificuldades da maternidade!


Mãe de Silas, fruto da relação com Justin Timberlake, Jessica Biel também não é daquelas que idealiza a maternidade. Em entrevista, ela falou que ser mãe é não dormir o tempo como gostaria: - Ele varia, mas posso afirmar, com certeza, que é sempre duas horas antes do que eu gostaria. E para descrever sua rotina, a beldade falou sobre como tudo acontece às pressas: Correria, atrasada, fazendo muitas coisas ao mesmo tempo e não dando o meu melhor em todas elas. Para a Marie Claire, ela ainda foi sincera sobre o fato de ter se tornado mãe: - Você acha que é uma pessoa altruísta, aí você percebe que não é. Essa pessoinha chega e demanda tanto, sua agenda não é mais sua e isso nem é mais importante. É bem claro que agora sua vida gira em torno desse carinha. Não sou essa pessoas que sente que: Ah, a vida mudou pelo meu filho, mas muda.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você está ansioso para a última parte de La Casa de Papel?

Obrigado! Seu voto foi enviado.