X

NOTÍCIAS

Publicada em 14/07/2021 às 17:45 | Atualizada em 14/07/2021 às 18:03

DJ Ivis é preso após agressões à Pamella Holanda, diz governador do Ceará

Camilo Santana informou que o músico foi detido nesta quarta-feira, dia 14

Da Redação

Divulgação

DJ Ivis foi preso na tarde desta quarta-feira, dia 14, segundo informações do governador do estado do Ceará, Camilo Santana. O político anunciou que o músico foi detido pela polícia civil de Fortaleza depois que a Justiça concordou com a solicitação de prisão preventiva.

Como você viu aqui no ESTRELANDO, o caso do DJ ganhou repercussão no último fim de semana. Na ocasião, uma série de vídeos mostravam o compositor agredindo Pamella Holanda, sua atual ex-esposa, com chutes e socos. A postura de Ivis foi extremamente criticada nas redes sociais e diversas celebridades saíram em defesa de Pamella publicamente.

Desdobramentos

Pamella Holanda terá que passar por um segundo exame de corpo de delito. Segundo informações do G1, o novo exame irá definir a gravidade das lesões sofridas pela influenciadora. O delegado adjunto do distrito que investiga o caso, Tarso Facó, também afirmou que outra testemunha foi ouvida nos últimos dias. Até esta quarta-feira, dia 14, ao menos dez pessoas foram ouvidas pelos oficiais, e a Justiça pretende avaliar o caso de lesão corporal pela perspectiva de violência doméstica.


Nos Estados Unidos, o caso mais conhecido de agressão a uma famosa, com certeza foi o de Rihanna. Em 2009, a cantora foi agredida por Chris Brown quando namoravam há um bom tempo. O cantor nunca veio a público se desculpar pelo ocorrido, no entanto, decidiu fazer um desabafo emocionante em seu documentário Welcome to My Life. O vídeo mostra como ele era visto como um menino prodígio no mundo da música, e como seu relacionamento com Riri tinha tudo para dar certo. Afinal, os dois estavam estourando logo no começo da carreira, tinham uma música juntos e eram inseparáveis. De lá para cá, muitas coisas aconteceram. Segundo Chris, naquela época ele estava pensando em suicídio. Não comia, não dormia e só pensava em entorpecentes. A agressão marcou Rihanna para uma vida toda e, sobre isso, o cantor é sincero sobre como se enxerga nesta situação: - Eu me sinto um monstro. Já Riri soube dar a volta por cima e é muito admirada hoje em dia pela coragem de expor o caso e superar todo o drama que viveu. O rapper acabou sendo condenado a cinco anos de liberdade condicional e seis meses de serviço comunitário após se declarar culpado por agredir a ex, que em entrevista ao The Sun, desabafou sobre o ocorrido: - Foi estranho e confuso estar naquela posição e por mais raiva que eu tivesse e mais magoada e traída que me sentisse, eu pensei que ele cometeu aquele erro porque precisava de ajuda e quem iria ajudá-lo? Eu tive que lidar com tudo isso e não foi fácil para mim compreender em frente às câmeras e com o mundo assistindo. Era difícil prestar atenção na minha mente e entender as coisas porque tudo virou um circo e eu me senti protetora, senti que a única pessoa que odiavam era ele. Todos iriam dizer que ele era um monstro sem se preocupar com a fonte. E eu estava mais preocupada com ele.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Após as primeiras impressões de BBB22, qual desses famosos já poderia ser eliminado?

Obrigado! Seu voto foi enviado.