X

NOTÍCIAS

Publicada em 13/09/2021 às 00:00 | Atualizada em 13/09/2021 às 15:11

Polliana Aleixo estrela El Presidente e investe na carreira internacional: Quero contribuir para que o Brasil tenha espaço lá fora

A atriz também será uma das protagonistas na série americana-brasileira The Journey

Gabrielle Torquato

Divulgação

Polliana Aleixo está dando passos largos rumo à carreira internacional. A atriz passou todo o primeiro semestre de 2021 gravando nada além do que a segunda temporada da série El Presidente, produção original da Amazon Prime, que teve como roteirista o ganhador do Oscar Armando Bó.

A trama aborda os escândalos de corrupção que aconteceram na FIFA em 2015. Na segunda temporada, Polliana interpreta a filha única de João Havelange, ex-presidente da federação. 

Em entrevista exclusiva ao ESTRELANDO, a atriz compartilhou como foram as gravações no Uruguai:

Eu acho muito interessante como o set acaba refletindo a própria série, na FIFA são muitas nacionalidades e línguas, justamente porque é algo mundial, e ali tínhamos pessoas de toda parte do mundo, então, algumas pessoas falavam em inglês, outras em espanhol, francês e até mesmo português. O Armando [Bó] é uma pessoa extremamente acessível. E animado, porque ia aos encontros que fazíamos, como karaokê no hotel, sempre que podia. Admiro não só o trabalho dele, mas a forma que ele realiza. Ele, literalmente, enxerga a cena como um pintor que olha para uma tela em branco e consegue imaginar o quadro pronto, ele parava no canto do cenário e ficava observando um tempão.

 The Journey

Apesar de estar dando um passo promissor na sua carreira, principalmente com a participação na série americana-brasileira The Journey, Polliana acredita que não conseguiria deixar de trabalhar no Brasil.

Trabalhar fora só me trouxe uma percepção ainda maior do quanto quero poder contribuir para que o Brasil tenha cada vez mais espaço lá fora. Nunca vou deixar de trabalhar no Brasil, por mais que tenha outras oportunidades, quero estar perto da minha cultura sempre.

E continua: 

Falar em outra língua é uma coisa, atuar é completamente diferente. Leva um tempo para você mesmo se acostumar. Com o tempo se pega confiança e se perde o medo de errar. Talvez essa tenha sido a maior lição desse trabalho [em The Journey], ir com medo mesmo. É uma série que traz leveza e a Amanda, minha personagem, é a personificação disso. Foi uma delícia fazê-la porque entrei em contato com sentimentos que trago até hoje, ela é uma mulher segura, doce e gentil, que ama o que faz e não tem o menor problema em dizer que é realizada. Certos personagens nos ensinam lições valiosas e essa foi uma delas.

E essa brasileira adora um desafio! Quando questionada sobre qual gênero gostaria de se arriscar, a resposta foi suspense policial. 

É um gênero que consumo muito. Adoro histórias reais e suspenses dentro desse universo. Sem dúvida está na minha lista de desejos! Qualquer personagem que seja distante da minha realidade mexe muito comigo. Para mim, o grande barato de ser atriz é poder viver muitas vidas dentro de uma só.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

A primeira treta de A Fazenda 13 aconteceu! De que lado você está?

Obrigado! Seu voto foi enviado.