X

NOTÍCIAS

Publicada em 19/09/2021 às 00:00 | Atualizada em 17/09/2021 às 18:56

O filme Um Casal Inseparável chega ao Telecine; saiba mais!

Dirigido por Sérgio Goldenberg, o longa é estrelado por Nathalia Dill e Marcos Veras

Gabrielle Torquato

Divulgação - Rachel Tanugi

Depois de uma temporada de sucesso nos cinemas, o longa Um Casal Inseparável fica disponível, a partir deste domingo, dia 19, no streaming do Telecine. Em comemoração a esta nova fase, o elenco e o diretor, Sergio Goldenberg, se reuniram em uma entrevista coletiva para falar sobre as delícias de filmar o longa. 

A trama acompanha a difícil história de amor que nasce entre Manuela, interpretada por Nathalia Dill, e Léo, personagem de Marcos Veras. Entre muitas idas e vindas, o casal sempre parece estar indo na mesma direção, mesmo contra a sua vontade. 

Segundo Sérgio, que também foi responsável por criar a história, a ideia partiu de um romance da vida real. Sobre o casal de amigos que inspiraram o filme, ele conta:

- O casal está fora do Brasil no momento. Então eles ainda não viram, mas ele vão em breve. Apesar de ser inspirado, eu acho que o filme vai ganhando vida própria. Vai nascendo um personagem que não foi aquele que você imaginou e depois é muito surpreende o jeito que o ator constrói.

Outro ponto interessante do filme, é que ocorre uma inversão entre os personagens masculinos e femininos. Ao em vez de seguir estereótipos, o autor tenta trazer uma mulher de personalidade mais forte, enquanto os homens tendem a ser mais sensíveis. 

Sobre o assunto, Veras comenta:

- Ver esses personagens trocando as funções que a sociedade sempre tenta achar: Que o homem é mais durão e a mulher é mais sensível, é incrível. E acho que aproveita também pra mostrar algo que vem sendo cada vez mais discutido, quebrar essa masculinidade tóxica, e o clichê de que o homem é provedor e líder da relação. 

E Nathalia continua:

- Eu acho que é legal. E o filme não quebra esses padrões só nos personagens. Ele quebra esses padrões em vários detalhezinhos, no empregado doméstico, nos pais que não têm que ser conquistados, mas que ajudam a conquistar. Na própria Manu como jogadora de vôlei de praia, sem ter a vestimenta sexualizada. A gente até teve essas questões nas Olímpiadas [Tóquio 2020]. O filme está o tempo inteiro tentando apontar pra essa nova visão. 

Além de Nathalia e Marcos, o longa também conta com a participação de Totia Meireles, Stepan Nercessian, Ester Dias, Danni Suzuki, Junno Andrade, Claudio Amado, Carlos Bonow  e Cridemar Aquino. 

Assista ao trailer:


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual casal do mundo dos famosos está mais apaixonado atualmente?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

O filme <i>Um Casal Inseparável</i> chega ao <i>Telecine</i>; saiba mais!

O filme Um Casal Inseparável chega ao Telecine; saiba mais!

03/Mar/

Depois de uma temporada de sucesso nos cinemas, o longa Um Casal Inseparável fica disponível, a partir deste domingo, dia 19, no streaming do Telecine. Em comemoração a esta nova fase, o elenco e o diretor, Sergio Goldenberg, se reuniram em uma entrevista coletiva para falar sobre as delícias de filmar o longa. 

A trama acompanha a difícil história de amor que nasce entre Manuela, interpretada por Nathalia Dill, e Léo, personagem de Marcos Veras. Entre muitas idas e vindas, o casal sempre parece estar indo na mesma direção, mesmo contra a sua vontade. 

Segundo Sérgio, que também foi responsável por criar a história, a ideia partiu de um romance da vida real. Sobre o casal de amigos que inspiraram o filme, ele conta:

- O casal está fora do Brasil no momento. Então eles ainda não viram, mas ele vão em breve. Apesar de ser inspirado, eu acho que o filme vai ganhando vida própria. Vai nascendo um personagem que não foi aquele que você imaginou e depois é muito surpreende o jeito que o ator constrói.

Outro ponto interessante do filme, é que ocorre uma inversão entre os personagens masculinos e femininos. Ao em vez de seguir estereótipos, o autor tenta trazer uma mulher de personalidade mais forte, enquanto os homens tendem a ser mais sensíveis. 

Sobre o assunto, Veras comenta:

- Ver esses personagens trocando as funções que a sociedade sempre tenta achar: Que o homem é mais durão e a mulher é mais sensível, é incrível. E acho que aproveita também pra mostrar algo que vem sendo cada vez mais discutido, quebrar essa masculinidade tóxica, e o clichê de que o homem é provedor e líder da relação. 

E Nathalia continua:

- Eu acho que é legal. E o filme não quebra esses padrões só nos personagens. Ele quebra esses padrões em vários detalhezinhos, no empregado doméstico, nos pais que não têm que ser conquistados, mas que ajudam a conquistar. Na própria Manu como jogadora de vôlei de praia, sem ter a vestimenta sexualizada. A gente até teve essas questões nas Olímpiadas [Tóquio 2020]. O filme está o tempo inteiro tentando apontar pra essa nova visão. 

Além de Nathalia e Marcos, o longa também conta com a participação de Totia Meireles, Stepan Nercessian, Ester Dias, Danni Suzuki, Junno Andrade, Claudio Amado, Carlos Bonow  e Cridemar Aquino. 

Assista ao trailer: