X

NOTÍCIAS

Publicada em 22/09/2021 às 13:58 | Atualizada em 22/09/2021 às 14:24

Angelina Jolie diz que Brad Pitt se aproveitou da fama em batalha judicial

O ex-casal está brigando na justiça pela custódia dos filhos

Da Redação

Divulaação

Angelina Jolie e Brad Pitt iniciaram seu processo de divórcio em 2016, mas ainda há pendências que precisam ser resolvidas. Segundo o site Page Six, a atriz alegou que Brad Pitt estaria usando o fato de ser famoso para conseguir um tratamento diferenciado na batalha judicial. 

Tudo começou quando o ator conseguiu a guarda conjunta dos filhos do casal. Os advogados de Jolie, então, alegaram que o juiz John W. Ouderkirk, responsável pelo caso, deveria sair do processo, pois teriam acontecido conversas não informadas entre ele e os advogados de Pitt.

A equipe do galã protestou contra a acusação. No entanto, o time de Jolie se posicionou nesta quarta-feira, dia 22, dizendo que não há motivos para voltar atrás na decisão .

Esse tipo de artimanha, um último esforço de uma celebridade num processo querendo um tratamento especial, não é o objetivo dos recursos limitados de revisão desse tribunal. Não há nada para ver ou revisar aqui, declararam. 

Vale ressaltar que, de acordo com o Page Six, os dois atores estão disputando também uma mansão que possuíam juntos na França, avaliada em US$ 164 milhões. Angelina está sendo acusada de ter vendido sua parte da propriedade sem ter consultado o ex-marido antes, que possui direitos sobre o imóvel. A atriz quer, agora, excluir a participação de Brad na propriedade.

Relembre, abaixo, as polêmicas da família de Jolie:







As discussões envolvendo a separação do casal continuaram ainda em 2020. A atriz chegou a pedir para que o juiz de seu processo de divórcio com Brad Pitt fosse trocado. Segundo o Page Six, Angelina pediu para que John W. Ouderkirk fosse afastado do caso porque acredita que não há uma imparcialidade por parte do profissional, uma vez que John possui relações comerciais com Anne C. Kiley, uma das advogadas de Brad Pitt. Segundo o US Weekly, por meio de uma nota, a advogada de Jolie, Samantha Bley DeJean, afirmou que a atriz quer um julgamento justo: Tudo o que a minha cliente quer é um julgamento justo, baseado em fatos, sem nenhum favor especial a nenhuma das partes envolvidas. A única maneira para que os litigantes consigam confiar no processo é que todos os envolvidos consigam assegurar que há uma transparência e uma imparcialidade. Será que isso vai acabar algum dia?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da polêmica fala de Príncipe Harry sobre as demissões na pandemia?

Obrigado! Seu voto foi enviado.