X

NOTÍCIAS

Publicada em 04/10/2021 às 15:20 | Atualizada em 04/10/2021 às 15:19

Emily Ratajkowski acusa Robin Thicke de apalpá-la nas gravações do clipe de Blurred Lines

A revelação foi feita no livro da modelo, My Body

Da Redação

The Grosby Group

Emily Ratajkowski revelou que foi apalpada por Robin Thicke contra sua vontade. O caso teria acontecido durante as gravações do clipe de Blurred Lines, música que o cantor fez em parceria com TI e Pharrell Williams. 

No livro My Body, primeira obra da modelo, ela conta que estava se divertindo no set e que se sentia confortável, já que a equipe era majoritariamente feminina. Vale lembrar que na versão sem censura, Emily e outra modelo aparecem de topless

Em um trecho do livro, publicado pelo The Sunday Times, a modelo detalha o que aconteceu quando ficou sozinha com Robin:

De repente, do nada, senti a frieza e a estranheza das mãos de um estranho envolvendo meus seios nus por trás. Eu instintivamente me afastei, olhando para trás, para Robin Thicke. Ele deu um sorriso bobo e cambaleou para trás, seus olhos escondidos atrás dos óculos de sol. Minha cabeça virou-se para a escuridão além do set. [A diretora, Diane Martel] voz falhou quando ela gritou para mim: Você está bem?

Em declaração ao jornal, Martel confirmou o ocorrido:

- Eu gritei com minha voz agressiva do Brooklyn: O que diabos você está fazendo, é isso! A sessão acabou! Robin se desculpou timidamente. Como se soubesse que estava errado sem entender como deve ter sido para Emily. 

Assustada, a diretora teria ameaçado encerrar a produção. No entanto, quando foi falar com Ratajkowski, ficou surpresa com a postura da modelo. 

- [Ela] foi muito profissional e disse que poderíamos continuar. 

De volta para o livro, Emily conta que Robin estava bêbado e que não estava tão animado quanto a equipe para gravar o clipe. Nas páginas, ela descreve como se sentiu verdadeiramente nua pela primeira vez naquele dia, diz que ficou desesperada para minimizar o peso da situação e continuar. 

Empurrei meu queixo para frente e encolhi os ombros, evitando contato visual, sentindo o calor da humilhação bombear meu corpo. Eu não reagi - não realmente, não como deveria. Com aquele gesto, Robin Thicke lembrou a todos no set que nós, mulheres, não estávamos realmente no comando. Eu não tinha nenhum poder real como a garota nua dançando em seu videoclipe. Eu não era nada mais do que o manequim contratado.

A seguir, veja os famosos que foram acusados de assédio


John Lasseter, chefe de animação da Disney e da Pixar, que dirigiu grandes filmes como Toy Story, Carros e Vida de Inseto, anunciou para seus funcionários o afastamento de seu cargo após o The Hollywood Reporter reunir uma série de acusações de má conduta. O site norte-americano relatou que fontes informaram que John era conhecido por agarrar, beijar e fazer comentários sobre aparência física. A atriz Rashida Jones e seu parceiro Will McCormack teriam até desistido de escrever o roteiro de Toy Story 4, por causa do assédio de Lasseter. Em comunicado interno, ele não fala sobre o assédio, mas pede desculpas se alguém se sentiu desrespeitado ou desconfortável por causa de conversas dolorosas e erros que ele cometeu durante a carreira. Recentemente tive diversas conversas que foram muito dolorosas para mim. Nunca é fácil assumir erros, mas é a única forma de aprender. Como resultado, tenho pensado muito no líder que sou hoje comparado ao mentor, defensor e exemplo que quero ser. Foi me dito que fiz alguns de vocês se sentirem desrespeitados e constrangidos. Essa nunca foi a minha intenção. Coletivamente, vocês são o meu mundo e me desculpo profundamente se os decepcionei. Quero me desculpar especialmente com qualquer um que tenha recebido um abraço indesejado ou qualquer gesto, de qualquer forma ou maneira, que pareça inapropriado. Não importa o quão benigna tenha sido minha intenção, todos tem o direito de estabelecer os próprios limites e tê-los respeitados, disse em comunicado. Lasseter ainda continuou e afirmou que irá se afastar do cargo por causa das acusações: Por mais difícil que seja para mim me afastar de um trabalho que amo e de um time que tenho em alta consideração, não apenas como artistas, mas como pessoas, sei que isso é o melhor para todos agora. Minha esperança é que esses seis meses sabáticos sejam a oportunidade de me cuidar melhor, recarregar e me inspirar, voltando com discernimento e perspectiva que preciso para ser o líder que vocês merecem.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você acha que Anitta e Bruno Montaleone estão juntos?

Obrigado! Seu voto foi enviado.