X

NOTÍCIAS

Publicada em 25/11/2021 às 01:00 | Atualizada em 25/11/2021 às 01:04

Durante coletiva do filme A Sogra Perfeita, Cacau Protásio fala sobre representatividade: Quando uma criança se identifica, ela vê que é possível

O elenco também falou sobre como foi trabalhar na criação do filme, e até comentou sobre produzir uma sequência!

Sarah Melchior

Divulgação

Se você está com saudades de ir ao cinema para dar boas risadas, já pode começar a se preparar! Nesta quinta-feira, dia 25, estreia A Sogra Perfeita nos cinemas de todo o Brasil.

O filme conta a história de Neide, uma mãezona que, separada do marido e com dois filhos já adultos, quer aproveitar sua vida de solteira. Mas para isso, será preciso fazer com que seu filho mais novo, Fábio Júnior, interpretado por Luis Navarro, finalmente saia de casa. É aí que surge a ideia de transformar a nova secretária de seu salão de beleza, Ciléia, interpretada por Polliana Aleixo, na namorada perfeita para seu filho, e de quebra, na nora perfeita! 

O ESTRELANDO participou da coletiva de imprensa com o elenco do filme, que contou com a presença de Cacau Protásio, Polliana Aleixo, Rodrigo Sant'anna, Luis Navarro e da diretora, Cris D'Amato, e te conta tudo que você precisa saber sobre este longa!

Personagens

Rodrigo Sant'anna interpreta Eddy, cabeleireiro no salão de beleza de Neide e também amigo dela. O ator falou um pouco sobre como foi a construção de sua personagem, e do processo de gravação: 

- Quando a gente trabalha com Cacau, Com a Evelyn [Castro] que já era minha amiga, e a Cris, que tem uma maestria para conduzir essa liberdade, até mesmo quando a gente vai falar o texto é tão espontâneo que tem essa sensação de que é uma brincadeira. Parece clichê de ficar falando que foi divertido, mas foi muito divertido. E eu acho que essa diversão passa a tela e a gente consegue trazer essa espontaneidade. Inclusive, a primeira coisa que me chamou a atenção no convite de fazer o filme foi poder trabalhar com a Cacau, que a gente já se namorava há algum tempo, e a Cris, então realmente foi muito legal, tudo que eu acreditava que seria, foi.

Polliana está fazendo sua grande estreia no cinema com a personagem Ciléia, e contou que este filme foi um enorme aprendizado para sua carreira: 

- Eu brinco que eu comecei com o pé direito, acho que eu não poderia ter começado melhor. Eu tive muito amparo, tanto da direção quanto do elenco, e aprendi muito, foi minha primeira vez no cinema, primeira vez com comédia, estava parecendo um recém-nascido atento, prestando atenção. Foram exercícios que eu levo para a vida e para outros trabalhos também, porque aprender a não se levar a sério é um grande exercício. Estou super ansiosa para ver como as pessoas vão reagir assistindo a tudo isso.

Luis Navarro contou que foi sua estreia fazendo comédia, e explicou como foi a construção de seu personagem:

- Eu criei esse personagem através do amor. Eu acho que o amor que ele tem pela mãe é muito forte, e tem também essa coisa do aconchego que ele tem em casa. Eu mesmo saí de casa com 25 anos, demorei um pouco, poque você tem sua mãe ali, que acaba fazendo as coisas, e você acaba sendo mimado. E eu acho que ele é um cara muito centrado, que fica mais em casa no computador, e na minha infância eu não saía muito para brincar na rua, eu cresci em periferia e meus pais me protegeram, digamos assim, deixando eu brincar mais dentro de casa, jogar videogame. Então tinha um pouco de mim ali, foi muito legal poder doar minhas vivências para essa personagem. 

Neide, a sogra favorita

Cacau é a protagonista do filme, mas disse não se considerar como tal porque ninguém faz nada sozinho.

- Eu falo que eu nunca sou a protagonista, porque eu nunca faço sozinha, eu dependo de outras pessoas para trabalhar comigo. Então assim, foi maravilhoso, mas eu sozinha não consigo, sozinha eu não faço nada. Graças a Deus eu tive pessoas maravilhosas ao meu lado. 

Neide é uma sogra que foge do estereótipo clássico de que a sogra é ruim ou chata.

- Ela quer viver, ela quer namorar, sair, fazer sexo. As pessoas pensam que a sogra quer ficar com o filho debaixo da saia, dar o leitinho dele, e não, ela quer curtir, ir para o samba, beijar na boca, ela quer viver.

Sobre as referências para construir sua personagem, Cacau explicou: 

- As mulheres do mundo. Eu não tenho filhos, então fazer um personagem de uma coisa que você não vive é muito difícil, e essa mãe que quer que o filho saia de casa é totalmente o inverso da minha mãe, o sonho dela é que eu me separe para que eu fique em casa debaixo da asa dela. Eu perguntava para todo mundo do set: Rodrigo, como é sua mãe? Polliana, como é sua mãe? E toda a mãe é grudenta, aí eu pensei: Vou fazer uma mãe que é o oposto do que a gente vê no mundo, aí exploramos esse caminho, do amor de uma sogra por uma nora, o amor de uma nora que tem a sogra como mãe, a gente ouve pouco disso.

Durante a coletiva foi dito que Neide parece uma homenagem à Dona Hermínia, personagem interpretada por Paulo Gustavo que ganhou os corações dos brasileiros, já que elas são duas mãezonas, que equilibram humor com afeto. Cacau era muito amiga do humorista, e falou sobre a oportunidade de estar trazendo aos brasileiros uma nova mãe:

- A gente ficou órfão de mãe com a dona Hermínia, porque quando a gente a via no cinema a gente se identificava, né? Eu mesma via muito a minha mãe. E quando Paulo se foi, eu falei: Meu Deus, a gente ficou órfão de dona Hermínia. E é óbvio que ela é insubstituível, o Paulo é insubstituível, a gente não tem como colocar outro no lugar, faz uma falta danada. Eu jamais tenho essa pretensão de me colocar no lugar de ninguém, mas acredito que as pessoas vão se identificar bastante com uma mãe que é agregadora, que ama também. Eu acredito que possa ter essa comparação um pouco entre as duas, mas eu fico feliz, e espero que ele lá de cima também fique feliz. 

Representatividade

A representatividade LGBTQUIA+ é um assunto trazido com muita naturalidade no filme. Eddy é gay, mas não compõe a história apenas como um alívio cômico, como personagens assim costumam ser, e Neide também tem um filho gay, casado e que já saiu da casa da mãe para morar com o marido. A diretora, Cris, falou sobre essa pluralidade que buscaram explorar no filme.

- O mundo é plural, não é só uma questão LGBTQIA+, mas é sobre ter uma pessoa de baixa estatura, uma pessoa fingindo ser algo que ela não é, que é o caso do nosso Português no filme, então eu não vejo questões a serem levantadas, mas sim poder trabalhar com pluralidade, com diversidade, a vida é assim, temos que normalizar isso.

Rodrigo falou como foi para ele dar vida ao Eddy, pensando nesse sentido.

- Eu me sinto muito confortável de representar, enquanto gay, publicamente assumido e orgulhoso de ser gay. Eu penso em um trabalho, em trazer a humanidade dessa persona, independente da sexualidade. Eu acho que a sexualidade compõe a humanidade de todos nós, então eu só penso em qual é a sexualidade dentro daquela humanidade. Ponto. 

Luis Navarro também falou um pouco sobre a representatividade que pôde trazer com seu personagem:

- Foi muito legal essa oportunidade de fazer um nerd preto, a gente vê normalmente nos filmes a galera nerd de óculos, uma coisa estereotipada, e sim, os nerds negros existem e estão aí, e eu estou muito feliz de poder ter uma mãe preta ali também, de poder contar essa história tão divertida. 

E Cacau comentou sobre a oportunidade de poder, por meio de seus papéis, empoderar outras mulheres.

A representatividade é algo maravilhoso para todos nós aqui. Eu falo pelas minhas sobrinhas, quando uma criança olha para a TV e se identifica, ela vê que é possível. Quando eu era pequena, eu não via ninguém igual ou parecido comigo, eu não sabia que era possível, mas lá no fundinho eu acreditava, e tanto acreditei que hoje deu certo. Também quando eu era pequena e alguém falava que eu era bonita, eu não acreditava. Hoje você fala para uma criança negra que ela é bonita, eu acho maravilhoso quando ela responde: Eu sei. A gente até toma um susto. Eu acho que crianças negras são tão empoderadas e é muito maravilhoso saber que eu estou ali empoderando uma criança, uma adolescente, e mostrar para ela que ela é capaz e pode ir além. 

Participação Especial

O cantor Fábio Júnior faz uma participação especial no filme, e o elenco contou que foi um marco na vida de todos ter a chance de trabalhar com o cantor. Cris contou como foi para que ele aceitasse o convite: 

- A gente estava nessa dúvida de se Fábio Júnior vai poder, Fábio Júnior não vai poder, e era um tal de poder e não poder até que Rodrigo, Cacau, o elenco inteiro resolveu fazer um coro musical cantando Alma Gêmea, e mandaram para ele. E era muito bacana o vídeo. Ele achou graça e tudo mais, e aí voltou para o nosso filme, então foi graças ao elenco que fez essa campanha cantando as músicas dele. E ele foi divertidíssimo, ele é um querido. 

Na cena em que Fábio Júnior participa, rola uma serenata que foi toda feita à capela, e quem começa cantando é Polliana. Para a atriz, o momento foi super especial:

- Foi incrível, porque assim, quem pode dizer que fez uma serenata com Fábio Júnior? É uma experiência de vida, e foi muito gostoso, eu estava morrendo de vergonha, e eu acho que a coisa mais gostosa foi essa questão de experimentar, de dizer: está tudo bem se não der certo. O que a gente tem de mais rico é a cara de pau, é não precisar fazer dar certo. E é muito gostoso trabalhar assim.

A Sogra Perfeita 2?

O filme está sendo lançado agora, mas os planos para uma sequência já são muitos, como conta Cris.

- A gente falava disso durante as filmagens, já estávamos pensando qual era a continuação, e isso era todos os dias, né Cacau?

- Era, a gente ia criando as histórias, quais iam ser os problemas, os casamentos, a gente pensava em tudo. Em uma gravidez. Acabei de já ter uma outra ideia aqui, vou te mandar um WhatsApp, Cris. Que venha a sogra perfeita 2, 3 e 4, que vire série, é um assunto que eu acho que ainda dá muito pano para a manga. Sou muito grata por fazer essa personagem, respondeu Cacau.

E aí, ficou animado para assistir? Então aproveite e confira o trailer de A Sogra Perfeita, no vídeo a seguir.



Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da polêmica fala de Príncipe Harry sobre as demissões na pandemia?

Obrigado! Seu voto foi enviado.