X

NOTÍCIAS

Publicada em 17/11/2021 às 14:38 | Atualizada em 17/11/2021 às 14:44

Marilyn Manson tinha uma cela para torturar mulheres em apartamento, diz revista

Depoimentos de vítimas foram divulgados pela Rolling Stone norte-americana

Da Redação

Divulgação

Marilyn Manson é um artista rodeado de polêmicas e sérias acusações de abuso sexual. Na última terça-feira, dia 16, a edição norte-americana da revista Rolling Stone divulgou uma matéria investigativa, com depoimentos detalhados sobre os comportamentos violentos dele - e de acordo com algumas vítimas, o músico possuía uma cela em seu apartamento para torturar as mulheres.

Segundo o veículo, a residência ficava no West Hollywood, Califórnia, nos Estados Unidos. Lá, havia uma espécie de caixa de vidro, que tinha o intuito apenas de controlar a temperatura ambiente, mas Marilyn logo a transformou em uma cela de confinamento, apelidada por ele de Sala das Meninas Más. 

Ashley Walters, ex-assistente do cantor que está o processando por abuso sexual e outros motivos, contou que Manson adorava falar para as pessoas sobre esse espaço. 

- Ele sempre tinha um tom de brincadeira, ficava se gabando

Outra vítima, Ashley Morgan Smithline, que também iniciou um processo contra o roqueiro, disse que ele a forçava ficar dentro da cela, com o tamanho de um provador de roupa de loja de departamento. 

- No início, ele fazia parecer legal. Então depois ele transformou isso em punição. Mesmo se eu gritasse, ninguém me ouviria. 

A modelo Sarah McNeilly destacou que uma vez, quando Manson ouviu o nome de outro músico que ela namorou no passado, enlouqueceu e a colocou na Sala das Meninas Más.

- Isso foi absolutamente assustador, porque a essa altura, a máscara dele tinha caído e você podia ver do que ele era capaz.. 

Uma ex-namorada se referiu ao tal apartamento como uma geladeira escura, assim como outra chamou o local de frigorífico. Várias mulheres que se relacionaram com o cantor alegam que o lugar foi cenário de abuso mental, físico e sexual. 

Veja abaixo famosos que foram demitidos por causa de denúncias de abuso sexual:


Ed Westwick foi acusado por três mulheres de estupro em novembro de 2017. Ainda sob investigação, ele foi demitido da série White Gold e de um filme adaptado da obra de Agatha Christie, feito pela BBC, que refilmou as cenas dele com outro ator.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual término (até agora) do mês de maio te chocou mais?

Obrigado! Seu voto foi enviado.