X

FOTOS

Publicada em 04/12/2020 às 19:21 | Atualizada em 04/12/2020 às 23:00

Na CCXP Worlds, Milla Jovovich elogia Nanda Costa em painel de Monster Hunter: - Ela trouxe um sentimento muito bom para o personagem

O painel do filme, inspirado no jogo da desenvolvedora Capcom, ainda contou com a presença de Paul W.S. Anderson e Diego Boneta

Carolina Rocha

X
X
Divulgação

Se você ama filmes e videogames, com certeza está empolgado para assistir Monster Hunter, não é? O filme, que ainda não tem previsão de lançamento no Brasil, foi inspirado no jogo da desenvolvedora Capcom publicado em 2004, sendo que o último game da franquia foi lançado em 2019. O longa teve um painel exclusivo na CCXP Worlds nesta sexta-feira, dia 4, e contou com a participação de Nanda Costa, que interpreta a personagem Lea. Em entrevista, a atriz revelou que se identificava muito com este projeto.

- Quando eu era criança, eu estava sempre correndo com os pés descalços, então sempre tive uma vida muito natureza. Eu ganhei um Super Nintendo quando tinha uns 11 anos de idade e era viciada. E aí eu comecei a parar de brincar e fiquei só nos jogos, então a minha mãe quis criar um equilíbrio, me deu um violão... Então foi muito legal fazer esse trabalho, porque me trouxe de volta à infância de jogos, e também pude correr, subir em árvore... 

A artista também contou como acabou conseguindo esse papel no longa.

- Para uma menina de Paraty [município no Rio de Janeiro], isso é uma coisa muito potente na minha vida. Fui conquistando muito além do que eu imaginava. A Sony entrou em contato com meu escritório e também outra produtora indicou o meu nome. Para mim, é como se fosse o meu primeiro filme de novo. Estava fazendo muay thai, um treinamento físico, porque eu ia matar monstro. Quando eu cheguei lá, estava super a fim de fazer o que precisasse.

E ela fez. Nanda se aventurou em uma cena onde precisava descer de um local bem alto por um cabo e agradou a produção; tanto que ganhou uma cena extra no longa. Arrasou demais, né?

Apesar de ser um filme onde os monstros também são protagonistas, as filmagens foram realizadas em ambientes que existem de verdade, fora dos estúdios.

- Era uma equipe absurda, a gente tinha um navio gigante. Eu imagina que estaria contracenando o tempo inteiro na tela verde, mas nem tem tanto chroma-key. Eram uns cenários muito grandes, então os monstros estavam em todo o lugar. Eu me senti viva e começando. 

Mas se as criaturas não existem e os cenários são reais, como fazer para inseri-los nas cenas?

- Aí cabe muita imaginação mesmo. Os monstros são muito parecidos com os do game. É impressionante a riqueza de detalhes. A gente busca na memória e projeta ele ali, mas a maioria das vezes era em um ambiente aberto.

Bate-papo com a equipe

Além de Nanda Costa, o painel também contou com Milla Jovovich, Diego Boneta e o diretor Paul W.S. Anderson. Diego, que já participou de produções como Rebelde, Scream QueensLuis Miguel: La Serie, se envolveu bastante nas cenas de ação - e parte disso foi pela animação de Paul.

- Eu lembro de ter conhecido Paul pela primeira vez, e a energia dele para o filme era tão contagiante. Quando estávamos no set, realmente parecia uma família. Paul e Milla trabalharam em tantos filmes junto com aquela equipe, que parecia uma máquina perfeita.

E Milla já começou elogiando a nossa atriz brasileira.

- Foi hilário, porque Nanda olhava para mim e sorria, mandava beijos. Ela trouxe um sentimento muito bom para o personagem, eu adorei.

Por outro lado, Nanda também disparou elogios para Milla e Paul, que além de serem atriz e diretor, também são marido e mulher.

- Esses dois são uma potência. Eu lembro de chegar no set e ser muito acolhida. Estava muito nervosa, era a minha primeira experiência internacional. O Paul me recebeu e disse vem conhecer a Milla, e ele me levou até onde ela estava gravando. Eu não tive a sorte de gravar o Diego, porque quando eu cheguei para filmar, ele já tinha ido embora.

Paul não se intimidou ao falar sobre a adaptação do game. Segundo ele, a prioridade era agradar os criadores e produtores do jogo, um deles sendo Shintaro Kojima. 

- Eu estava muito próximo dos criadores do jogo; queria ser o mais preciso possível, então basicamente consultei eles para tudo nos filmes, inclusive a aparência das criaturas. Pensei que se eu agradasse a eles, eu agradaria os fãs. E eles ficaram muito felizes com o que criamos.

E filmar em ambientes reais era uma das exigências do diretor.

- Quando joguei o jogo, me apaixonei pelas criaturas e pelos cenários. E eu queria que fosse o mais real possível. Nós fomos ao fim do mundo para gravar essas cenas. Às vezes, estava um calor de matar durante o dia, e um frio absurdo durante a noite, e os atores e a equipe moravam todos juntos. E foi maravilhoso, porque não só gravamos em todos esses cenários, mas também fizemos com que eles parecessem muito reais.

A protagonista Milla, que interpreta Artemis, ressaltou que todos do elenco trabalharam muito duro.

- Foi difícil para todos. Eu estava lá do começo ao fim, mas não foi fácil para ninguém. Não importa se você filmou só por algumas semanas, Paul iria te torturar. E quando terminamos, eu estava destruída. Era o meu aniversario e Paul apareceu sorrindo, tipo, Você está curtindo o seu aniversário? E eu, Não! Eu quis matá-lo, brincou.

Para a atriz, a melhor experiência do longa foi conhecer as pessoas que contribuíram com as filmagens.

- Trabalhar com essa equipe foi demais. Nós trabalhos com consultores militares e eles ainda são nossos amigos. Então construir relacionamentos com essas pessoas que você nunca iria conhecer... só acontece através de filmes como esse. 

Milla ainda citou um momento em que estava no set com Nanda e Paul colocou uma enorme tempestade na cena - ignorando o fato de ser três da manhã e estar um frio daqueles no dia das gravações! A brasileira, então, declarou que este momento foi o seu preferido.

- Acho que foi a cena que a Milla comentou, da tempestade, da água. Estava todo mundo reunido tentando matar o grande Rathalos [um dos monstros], e nesse dia estava muito frio. Então foi um grande desafio. E uma cena também onde a Milla cai nessa dimensão e houve um improviso na hora, e quando cortou - era a minha primeira cena -, ela disse Que legal que você fez isso. Então teve esse acolhimento.






Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual famoso do BBB21 chamou mais a atenção?

Obrigado! Seu voto foi enviado.