X

NOTÍCIAS

Publicada em 04/09/2019 às 13:40 | Atualizada em 04/09/2019 às 13:53

Pai de Britney Spears é acusado de abuso infantil pelo ex-marido da cantora, diz site

Segundo Kevin Federline, Jamie Spears agrediu Sean, de 13 anos de idade

Da Redação

The Grosby Group

2019 está sendo um ano difícil para Britney Spears. Após ser internada em uma clínica psiquiátrica por conta de sua saúde mental, foi noticiado nesta semana que a cantora perdeu parte da guarda de seus filhos, frutos de seu casamento com Kevin Federline. Segundo o site norte-americano TMZ, o ex-marido quis alterar o acordo de custódia entre eles e... conseguiu!

De acordo com a publicação, a guarda de Sean, de 13 anos de idade, e Jayden, de 12 anos, vinha sendo dividida em um esquema de 50% para cada desde 2007. Agora, Britney e Kevin concordaram que ele ficará com a custódia das crianças por 70% do tempo, deixando os meninos apenas 30% do tempo com a mãe. Pelo que parece, essa decisão foi conversada inicialmente em agosto de 2018, mas o pedido para oficializar foi enviado recentemente, no dia 28 de agosto.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Britney Spears (@britneyspears) em

Mas, não foi só isso que deixou a cantora nos holofotes! Na última terça-feira, dia 3, o site The Blast noticiou que o pai de Britney, Jamie Spears, está sob investigação por abuso infantil, envolvendo um de seus filhos! Em contato contato com a polícia, o responsável pela acusação foi o próprio ex de Brintey, Kevin, que alegou que Jamie teria agredido Sean

Aparentemente, a razão de tudo isso, segundo o The Blast, se deu por conta de um incidente no dia 24 de agosto. Sem muito detalhes a respeito do ocorrido, a única informação liberada pela polícia é que a agressão teria acontecido enquanto os dois filhos estavam sob os cuidados de Britney. Tenso!

O site ainda afirma que todos os envolvidos nos caso já foram entrevistados e que a ocorrência está com a promotoria da justiça local. Caso o pai de Britney seja indiciado, o delito provavelmente seria considerado como uma má conduta.

A seguir, entenda o que rolou após ela ter sido internada em clínica psiquiátrica!


E apareceu mais um personagem na história no começo de maio. Segundo o site TMZ, a cantora conseguiu uma ordem de restrição contra seu ex-empresário, Sam Lufti, não apenas para ela mesma, mas também para seus familiares e amigos. Nos documentos do processo, os advogados de Britney revelaram que Lufti tem mandado mensagens para a mãe da cantora, Lynne Spears, e feito comentários depreciativos e ameaçadores contra ela nas redes sociais. Ele estaria disseminando mentiras como a de que Britney foi internada contra sua vontade. A mesma publicação afirmou que o empresário foi um dos causadores do surto de 2007 de Britney, quando ela raspou a cabeça e atacou um carro com um guarda-chuva.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Nenhuma Enquete encontrada