X

NOTÍCIAS

Publicada em 06/05/2020 às 09:30 | Atualizada em 06/05/2020 às 09:30

Britney Spears pediu na justiça para poder ter filhos com o namorado, Sam Asghari - mas seu pai é contra

Jamie Spears controla a vida pessoal e as finanças de sua filha desde 2008

Da Redação

Divulgação

Britney Spears e Sam Asghari namoram há cerca de quatros anos e parece que o casal está pronto para dar um próximo passo, já que pensam em ter um filho juntos. Porém, pelo fato de o pai da cantora, Jamie Spears, controlar sua vida pessoal e profissional desde 2008, ela tentou ver com um oficial da justiça essa possibilidade - já que Jamie teria que aprovar.

Uma fonte deu os seguintes detalhes para a Us Weekly:

- Britney contou ao oficial de justiça no final do ano passado que ela queria ter um bebê. Seu pai [Jamie Spears] sempre foi contra o fato de Britney engravidar. 

A Princesa do Pop, de 38 anos de idade, começou a namorar Sam, de 26 anos, no final de 2016 após conhecê-lo no set de seu clipe de Slumber Party. Uma fonte contou para a Us Weekly, em 2018, que o casal estava conversando sobre ter um bebê junto, já que Britney se sente muito mais madura agora do que quando ela se tornou mãe de Preston, de 14 anos de idade, e Jayden, de 13 anos. Ambos são frutos de seu relacionamento com Kevin Federline.

Além disso, parece que Britney quer se casar com Sam, mas tecnicamente só poderia oficializar caso obtivesse autorização de seu pai:

- [Eles] não poderiam casar a não ser que Jamie aprove. E Jamie não está querendo aprovar porque isso apenas criaria questões legais complicadas.

Em 2008, Britney foi colocada sob a tutela de seu pai, após o famoso colapso da cantora no ano anterior. Desde então, ele passou a controlar a vida pessoal e as finanças da cantora. Em setembro de 2019, Jodi Montgomery assumiu o papel de cuidadora após Jamie revelar problemas pessoais de saúde.

Logo abaixo, relembre relações conturbadas entre pais e filhos do mundo dos famosos:


Nancy Dow era modelo e mãe de Jennifer Aniston, mas as duas nunca tiveram uma relação boa, com brigas desde a infância da atriz. Jen culpava a mãe por ter tido anorexia e ataques de pânico na juventude, pois constantemente era cobrada por ela por causa da aparência, como ela contou em entrevista para o The Hollywood Reporter. A gota d'água foi uma entrevista que Nancy deu em 1996 para o Hard Copy, e que três anos depois, confessou que foi editada de propósito para prejudicar Aniston. A partir daí, as duas ficaram anos sem se falar, e Nancy não chegou a ser convidada para o casamento de Jennifer Aniston e Brad Pitt, em 2000. Em 2005, quando se separou do ator, elas voltaram a se falar, mas em uma relação bem fria. Nancy morreu em 2016, e semanas antes, a atriz se reaproximou da mãe, segundo a UsWeekly, depois de cinco anos sem vê-la. Segundo relatos de fontes próximas, Jen percebeu a doença grave de Nancy e resolveu visitar antes que fosse tarde demais. Que história triste, não?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual famosa você gostaria de ver em um projeto novo da Netflix?

Obrigado! Seu voto foi enviado.