X

NOTÍCIAS

Publicada em 17/09/2020 às 12:30 | Atualizada em 17/09/2020 às 13:17

Grávida pela primeira vez, Nathalia Dill relata espanto das pessoas com tamanho de sua barriga

Em entrevista à revista Crescer, a atriz relatou como tem sido a maternidade na quarentena

Da Redação

Divulgação

Grávida pela primeira vez, Nathalia Dill relatou em entrevista à revista Crescer como tem sido sua experiência com a maternidade em plena quarentena. A atriz está à espera de uma menina, que deve se chamar Eva e é fruto da relação com o músico Pedro Curvello. Com seis meses de gestação, a barriguinha ainda é discreta, o que já rendeu boas histórias para a atriz.

Uma situação engraçada que aconteceu foi quando eu fui fazer um exame. Estava entrando no elevador e a ascensorista nos parou e falou que aquele elevador era para idosos, pessoas com necessidades especiais e gestantes. Eu falei que era gestante e entrei. Ela ficou me olhando com uma cara meio desconfiada, disse ela sobre o tamanho da barriga ainda não entregar a gravidez.

As mudanças físicas, aliás, ainda não muito perceptíveis para atriz, que não entende a cobrança das pessoas pelo tamanho da barriga:

- No corpo, ainda não senti tanto as mudanças. As pessoas até brincaram quando eu postei uma foto, perguntando onde estava a barriga (risos). É engraçada essa cobrança, como se tivesse um tamanho ideal para a barriga estar. Mas sinto as outras mudanças. Por exemplo, na ioga, posições que eu fazia antes com facilidade agora estão mais difíceis. O equilíbrio acaba mudando um pouco. No começo, como falei antes, tive muitos enjoos e me sentia muito cansada também.

Nathalia ainda conta que a gestação ao longe da família tem sido complicado. Isso porque, ela gostaria de estar ao lado da irmã, que também está grávida: 

- Muito diferente do que eu poderia imaginar. Não ter contato com a família toda é difícil. Minha irmã também está grávida e queria muito que pudéssemos estar juntas fisicamente neste momento. O que fazemos é nos aproximar ainda mais virtualmente, trocamos muitas dicas de leituras, por exemplo. Por estar em casa e não ter compromissos ou rotina de trabalho, estou vivendo esse momento de uma maneira muito livre: consigo dormir e acordar na hora que quero, me alimentar como desejo. Isso está sendo importante, porque a disposição muda muito com a gravidez. Nos três primeiros meses, eu fiquei muito cansada, enjoei bastante. Meu corpo estava em um outro ritmo e eu pude acolher isso de uma maneira mais plena, respeitar mais. Agora, estou com seis meses e essa fase já passou. Estou me sentindo bem melhor, mais disposta, conseguindo me alimentar melhor.


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual casal você gostaria que anunciasse uma gravidez ainda este ano?

Obrigado! Seu voto foi enviado.