X

NOTÍCIAS

Publicada em 08/07/2021 às 16:17 | Atualizada em 08/07/2021 às 17:34

Gabriel Medina se diz prejudicado nas Olimpíadas e atleta da natação opina sobre o caso: - Alguém precisa dar um choque de realidade em Yasmin

Medina foi impedido pelo Comitê Olímpico do Brasil de levar a esposa Yasmin Brunet para Tóquio; modelo ainda publicou uma suposta indireta no Instagram

Da Redação

Montagem-Divulgação

Como você viu aqui no ESTRELANDO, Yasmin Brunet ficou bastante chateada por ter sido barrada nas Olimpíadas de Tóquio. De acordo com ela, o COB (Comitê Olímpico do Brasil) impediu que Gabriel Medina a levasse para a competição, aparentemente sem nenhum motivo específico. Na noite da última quarta-feira, dia 8, o surfista decidiu se pronunciar sobre a polêmica e explicou o seu ponto de vista da situação.

- Fala, galera. Tudo bem? Passando para falar um pouco da situação com COB. Eu realmente pedi para que a Yasmin fosse comigo, assim como os outros atletas do surf também estão levando uma pessoa com eles. A gente tem direito de escolher uma pessoa para ir. Todos estão levando pessoas que não são treinadores, não são coachs, assim como a Yasmin também não é. E eu comecei o ano viajando com ela, ela faz parte do meu staff. Ela que viaja, que me ajuda e tem me acompanhado., esclareceu.

Medina, então, afirmou que não está à procura de um tratamento especial.

A única coisa que eu quero é continuar fazendo o que eu estou fazendo. Viajando com o meu time e com quem está me ajudando de verdade. E o COB não deixou. Eu tentei entrar em contato várias vezes, tenho meus representantes que [ficaram] conversando, tentando entender a situação... Por que para mim colocaram essa regra, se não estão aplicando para os outros atletas? E eu estou falando aqui porque eu não quero um tratamento especial, não quero levar uma pessoa a mais. Eu só quero levar uma pessoa que é a pessoa que tem viajado comigo e tem me ajudado de verdade. Só. E não estão podendo me ajudar com isso.

E assumiu que se sente prejudicado pela postura do COB.

- Eu estou me sentindo prejudicado. Eu nem queria estar falando sobre isso, nem estar aqui perdendo tempo com isso. Mas infelizmente o COB não pode me ajudar. Liguei para o presidente, para as pessoas de lá, e ninguém conseguiu me ajudar com isso.

Por fim, lamentou ter que ficar sem a presença da esposa.

Esse vai ser o meu staff para o resto do ano, foi assim que eu comecei e tem dado tudo certo. Infelizmente, para as Olimpíadas, parece que eu não vou conseguir.

Mas a história não parou por aí. Joanna Maranhão, ex-nadadora brasileira e medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos, deu a sua opinião sincera sobre o caso no Twitter. Joanna, que explicou algumas dinâmicas dos bastidores dessas competições, deu razão à decisão do COB.

Mermão, alguém precisa dar um choque de realidade em Yasmin. Eu não tenho nada a ver com isso, mas ela está nos Stories falando em descaso do COB. Olha, eu realmente acredito que uma galera precisa entender o movimento olímpico, tá ligado?! Ela fala para um público que NÃO vive ou acompanha esporte (não tô falando de torcedor de futebol, aqui... é outra realidade). Surf é um esporte individual e quem compete sabe a importância de ter alguém do lado. Sim, amor, você sabe que a GRANDE maioria dos atletas de esporte individual não tem sequer o treinador presente nos jogos? Porque não cabe geral, tá ligado?, escreveu.

A atleta também deu exemplos referentes a alguns esportes.

Já pensou se um COMITÊ OLÍMPICO resolve abrir para que potenciais medalhistas ou com índice técnico forte levem quem desejarem pros jogos? Você sabe que na natação o atleta coloca o nome do técnico caso a classificação dele qualifique? Que no judô quem senta na cadeira é o técnico da seleção e não o cara que tá lá no tatame contigo dia a dia? E que não tem como ser de outro jeito? E ninguém reclama porque compreende as coisas como são? Que no pentatlo moderno (cinco modalidades, consequentemente, equipe de treinadores cheia) QUANDO vai... só vai um? É aí que entra o entendimento do movimento olímpico, né?! O surf entrou agora. O movimento olímpico não está aí para servir a realidade do surf, é o contrário na real., pontuou.

Indireta?

Na tarde desta quinta-feira, dia 8, Yasmin Brunet publicou uma frase em seus Stories do Instagram. Confira:

Consciência tranquila é uma conquista que ninguém tira de nós. Podem até distorcer nossas palavras, mas a paz no travesseiro ninguém tira., dizia a mensagem.

Será que a modelo mandou uma indireta à Joanna? Ou ao próprio COB

A seguir, que tal entender a briga envolvendo Gabriel Medina e Yasmin Brunet e a família do surfista?


Em maio, Simone ainda teria feito uma campanha para cancelar um campeonato de surf por conta da pandemia do novo coronavírus. Entretanto, a competição apontada pela empresária era justamente a qual o filho está participando. A atitude de Simone gerou burburinhos nas redes sociais, mas ela continuou ativando pelo fim do campeonato, chegando a compartilhar uma notícia de que pelo menos 28 pessoas envolvidas no torneio teriam testado positivo para a Covid-19. E aí, preocupação ou birra? Parece que essa história ainda vai longe...

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da polêmica fala de Príncipe Harry sobre as demissões na pandemia?

Obrigado! Seu voto foi enviado.