X

NOTÍCIAS

Publicada em 29/02/2024 às 00:00 | Atualizada em 28/02/2024 às 13:04

Em ano olímpico, novela Família é Tudo traz núcleo sobre skate

A trama colocou alguns jovens para representar o esporte

Larissa Isabella

Divulgação-TV Globo

A partir da próxima segunda-feira, dia 4, os noveleiros de plantão vão ser apresentados a uma nova trama: Família é Tudo. O folhetim que vai entrar no lugar de Fuzuê conta com um núcleo de skatistas profissionais. Entre os personagens ligado ao esporte olímpico estão Plutão [Isacque Lopes], Nicole [Aisha Moura], Max [Caio Vegatti] e Enéas [Conrado Caputo].

Além deles, o personagem de Renato Góes, o Tom, já praticou o esporte, mas se afastou das pistas. Em uma coletiva de imprensa, da qual o ESTRELANDO participou, o grupo falou sobre como tem sido a preparação para viver atletas na novela da Globo.

Aisha Moura contou que está sendo bem diferente, já que nunca tinha tentado praticar o esporte, que ganhou tantos fãs ao longo dos anos. 

- Tem sido uma experiência muito legal mergulhar no skate, eu particularmente nunca tinha andado de skate. Até quando eu tinha uns 14 anos de idade eu arriscava no longboard, que é um skate mais tranquilo. A gente tem tido aulas e tem sido super importante para entrar na personagem, estudar.

As aulas de skate guardaram uma surpresa especial para Caio Vegatti. Isso porque o ator já conhecia o professor, com quem ele treinou quando era mais novo:

- Eu pratiquei skate quando era mais novo já, depois fui para o surf, que machuca menos e você vai ficando mais velho e quer se machucar menos. Foi um reencontro no meu caso, eu estava há oito anos sem andar de skate. Quando eu encontrei o Rafael Índio, nosso instrutor, eu falei que tinha começado [a andar] em uma loja, que além de vender coisas para o esporte tinha aula, e o professor falou que trabalhou nessa loja. Eu falei: Com certeza você me deu aula. Quando postei uma selfie com eles, meu irmão falou Tenho quase certeza que esse cara deu aula para gente. 

Conrado Caputo, que faz treinador dos mais jovens, contou que não passou pelas aulas para andar de skate. O ator explicou que para se sentir mais confiante no papel está usando de sua experiência como professor de teatro para encarnar o instrutor em Família é Tudo

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual filho de Kate Middleton e Príncipe William você acha mais fofo?

Obrigado! Seu voto foi enviado.

Em ano olímpico, novela <I>Família é Tudo</I> traz núcleo sobre <I>skate</I>

Em ano olímpico, novela Família é Tudo traz núcleo sobre skate

19/Mai/

A partir da próxima segunda-feira, dia 4, os noveleiros de plantão vão ser apresentados a uma nova trama: Família é Tudo. O folhetim que vai entrar no lugar de Fuzuê conta com um núcleo de skatistas profissionais. Entre os personagens ligado ao esporte olímpico estão Plutão [Isacque Lopes], Nicole [Aisha Moura], Max [Caio Vegatti] e Enéas [Conrado Caputo].

Além deles, o personagem de Renato Góes, o Tom, já praticou o esporte, mas se afastou das pistas. Em uma coletiva de imprensa, da qual o ESTRELANDO participou, o grupo falou sobre como tem sido a preparação para viver atletas na novela da Globo.

Aisha Moura contou que está sendo bem diferente, já que nunca tinha tentado praticar o esporte, que ganhou tantos fãs ao longo dos anos. 

- Tem sido uma experiência muito legal mergulhar no skate, eu particularmente nunca tinha andado de skate. Até quando eu tinha uns 14 anos de idade eu arriscava no longboard, que é um skate mais tranquilo. A gente tem tido aulas e tem sido super importante para entrar na personagem, estudar.

As aulas de skate guardaram uma surpresa especial para Caio Vegatti. Isso porque o ator já conhecia o professor, com quem ele treinou quando era mais novo:

- Eu pratiquei skate quando era mais novo já, depois fui para o surf, que machuca menos e você vai ficando mais velho e quer se machucar menos. Foi um reencontro no meu caso, eu estava há oito anos sem andar de skate. Quando eu encontrei o Rafael Índio, nosso instrutor, eu falei que tinha começado [a andar] em uma loja, que além de vender coisas para o esporte tinha aula, e o professor falou que trabalhou nessa loja. Eu falei: Com certeza você me deu aula. Quando postei uma selfie com eles, meu irmão falou Tenho quase certeza que esse cara deu aula para gente. 

Conrado Caputo, que faz treinador dos mais jovens, contou que não passou pelas aulas para andar de skate. O ator explicou que para se sentir mais confiante no papel está usando de sua experiência como professor de teatro para encarnar o instrutor em Família é Tudo