X

NOTÍCIAS

Publicada em 17/09/2018 às 18:00 | Atualizada em 17/09/2018 às 18:38

Sean Penn cria polêmica ao criticar movimento contra o assédio: - Não tem fundamento! Entenda

Internautas criticaram fortemente as declarações do ator

Da Redação

Divulgação

Como você pôde ver no ESTRELANDO, o início de 2018 foi marcado por manifestações e protestos em Hollywood. A grande maioria deles em prol do fim do assédio e machismo na indústria das estrelas, e a partir desta demanda se originou o movimento #MeToo. Porém, seguindo um linha de raciocínio diferente, o ator Sean Penn, que estrelará na série The First, revelou acreditar que o movimento serve apenas para separar homens e mulheres. 

O ator ao participar de uma entrevista no programa Today, para a NBC, ao lado de sua colega de elenco Natascha McElhone, chamou atenção após declarações polêmicas. Após Natascha ser questionada em relação ao que pensa em relação ao movimento de denúncia ao assédio, o ator comentou: 

- Gostaria de esclarecer que nada disso aconteceu por conta do movimento que chamam de #MeToo", ao comentar a respeito do papel de sua colega. 

Em seguida, ele acrescentou: 

- Eu acho que isso é influenciado pelo o que está se desenvolvendo em termos do empoderamento feminino, que está sendo reconhecido e sendo reconhecido pelos homens. Este movimento é apoiado como um receptáculo de lascivos. 

Ao ser questionado pelo apresentador do que significaria lascivos no contexto, Penn rebateu: 

-Nós não sabemos o que acontece na maioria dos casos. Lascivo pode ser chamado nesse caso de algo como o movimento que é apoiado por uma série de muitos acusadores individuais, vítimas, acusações, algumas que não tem fundamento. O espírito da maioria do que foi apresentado pelo movimento #Metoo é dividir homens e mulheres. 

Suas declarações polêmicas foram fortemente criticadas por muitos internautas: 

Cale a boca Sean. A divisão é entre aqueles que dão apoio ou tentam explicar abusos sexuais e agressões e aqueles que não fazem isso. Além daqueles que querem ver um mundo melhor no qual as mulheres não são tratadas como objetos e aqueles que não querem, comentaram

Homens que intencionalmente descaracterizam as intenções do #MeToo geralmente têm algo a esconder, opinou um internauta. 

Relembre os famosos que foram demitidos após acusação de assédio: 




Ed Westwick foi acusado por três mulheres de estupro em novembro de 2017. Ainda sob investigação, ele foi demitido da série White Gold e de um filme adaptado da obra de Agatha Christie, feito pela BBC, que refilmou as cenas dele com outro ator.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você está ansioso para a última parte de La Casa de Papel?

Obrigado! Seu voto foi enviado.