X

NOTÍCIAS

Publicada em 17/07/2019 às 14:20 | Atualizada em 17/07/2019 às 14:46

Maisa Silva participa de programa na TV Cultura e fala sobre o apelido Menina Monstro: - Eu ficava triste

Apresentadora ainda falou sobre como é lidar com Silvio Santos e também sobre bullying

Da Redação

Divulgação

Maisa Silva participou na última terça-feira, dia 16, do programa Provocações, televisionado pela TV Cultura e apresentado por nada mais, nada menos que Marcelo Tas. A apresentadora aproveitou para falar de diversos assuntos e um deles foi sobre a fama que a acompanha desde muito jovem.

- Não sei se o mundo é cruel com meninas prodígio. Sou super positiva. Acho que meus pais conseguiram me blindar das partes cruéis. Até hoje, nunca sofri com essa pressão. Eu me sinto muito privilegiada [por trabalhar desde muito cedo]. É muito difícil ver as pessoas começando cedo e durando.

Além disso, Maisa também chegou a avaliar a sua transição de apresentadora infantil para a fase atual, agora com 17 anos de idade e comandando um talk show nas tardes de sábado pelo SBT. Lembrando que a apresentadora também aturou em algumas novelas da casa como Carrossel e Carinha de Anjo, mas Maisa aproveitou para avaliar que ter ficado longe das câmeras por um período fez muito bem para a sua imagem pessoal e para a carreira.

- Foi muito bom para minha imagem e para a minha cabeça.

Ainda durante a entrevista, a atriz comentou sobre bullying. Teve uma época que em um quadro do Programa Pânico, eles faziam uma possível sátira do nome e da apresentação de Maisa, e ela comentou que sofreu com isso e o quanto ficou triste na época.

- Sempre tive muito amigos. Em todas as salas em que eu estudei, não percebi interesse. Eu já sofri bullying, mas nunca sofri um bullying que me calou. Na época que o Pânico fazia a Malisa, menina monstro, o pessoal da minha escola já via o programa. Sabe aquele fase em que as crianças começam a ficar besteirentas? Ai, me chamavam de Malisa Menina Montro. Gritavam: Não encosta nela que você vai virar um monstro. Eu fica triste. Nessa época, eu tinha uns 6, 7 anos de idade. Ficava triste porque conhecia o pessoal do Pânico e sabia que era brincadeira, mas meus amiguinhos não.

Marcelo Tas aproveitou para questionar como que é lidar com Silvio Santos que anda um pouquinho sem noção, por conta de fazer alguns comentários que estão dividindo muitas opiniões e Maisa não foge da raia e responde na lata sobre o patrão.

- Ele tem uma diferença de idade para mim. Se ele fala alguma coisa absurda, eu vou pela tangente. Não diria que estou educando, mas acho que o Silvio me escuta.

Cada dia que passa, Maisa Silva mostra que está se tornando uma grande mulher, né? A seguir, relembre as vezes em que Maisa deu um chega pra lá nos haters!


E é melhor mesmo pensar duas vezes antes de falar o que quiser para Maisa, viu? Em outra oportunidade, uma seguidora a comparou com Larissa Manoela, dizendo o seguinte: Que menina mais chata!! Por que não cala a boca? Acha que está abafando com as respostinhas dela. Já foi grosseira com o Dudu, colega de trabalho dela. É muito irritante. Nunca será a @larimanoela!. Maisa manteve a pose e respondeu: Sim, até onde eu sei não dá para eu ser a Lari Manoela se eu sou a Maísa. Cara, é muito TRISTE ver a sociedade querendo comparar duas garotas diferentes que são amigas, só porque elas tem um destaque grande em suas profissões.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Quem você quer que ganhe o MasterChef Brasil?

Obrigado! Seu voto foi enviado.