X

NOTÍCIAS

Publicada em 21/07/2020 às 08:33 | Atualizada em 21/07/2020 às 08:44

Amber Heard diz que Johnny Depp a acusou de traí-lo com Leonardo DiCaprio, Channing Tatum e outros famosos

A atriz, que está testemunhando contra o ex-marido na justiça,, ainda admitiu que bateu no ator primeiro durante briga

Da Redação

The Grosby Group

Uma gravação feita secretamente por Johnny Depp em que Amber Heard admite tê-lo agredido foi ouvida no tribunal na última segunda-feira, dia 20. Após acusar o ator de agressão, a atriz foi chamada para depor no processo que ele move contra o jornal The Sun por conta de um artigo em que ele é chamado de espancador de mulheres.

Segundo o site PageSix, na gravação, Amber provoca Depp ao chamá-lo de bebê e ameaça bater nele

- Essa é a diferença entre eu e você.  Você é um bebê. Cresça, Johnny.

Ela ainda admite que bateu no ator primeiro durante uma de suas brigas. 

- Sinto muito por não ter batido na sua cara com um tapa decente, mas eu estava batendo em você, não estava te socando, grita ela no áudio. 

E ainda declara:

- Não sei qual foi o movimento da minha mão, mas você está bem, eu não te machuquei, não te soquei, eu estava batendo em você. Não posso prometer que não vou para a agressão física de novo... Deus, eu fico tão brava às vezes, perco o controle. Eu comecei as brigas físicas, sim, então você fez a coisa certa, diz ela em outro trecho do áudio em que o ator alega ter deixado a casa em que moravam para que a briga não tomasse proporções maiores.

Durante seu depoimento, a atriz negou o uso de drogas alegado por Depp na semana anterior durante o julgamento e também revelou acusações de traição por parte dele. Segunda Amber, o ator alegava que ela o traia com seus colegas de elenco, como, por exemplo, Leonardo DiCaprio, Eddie Redmayne, James Franco, Jim Sturgess, Kevin Costner, Liam Hemsworth, Billy-Bob Thornton, Channing Tatum e até mulheres, como Kelly Garner.

- Ele tentava me tirar do sério pegando meu celular ou dizendo que alguém havia lhe contado que eu estava tendo um caso e agia como se tivesse provas disso - quando eu não estava. Ele me acusou de ter affairs com todos os meus companheiros de elenco, filme após filme.

A seguir, entenda a polêmica envolvendo o divórcio de Johnny Depp e Amber Heard!


Já em abril de 2019, Johnny alegou ter provas incontestáveis de que não tinha agredido Amber. Ele reuniu algumas imagens de câmeras de vigilância e depoimentos para comprovar as suas declarações. Agora, é a atriz que não responde aos argumentos do ex-marido. Será que o jogo virou?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Retrospectiva: qual famosa você acha que bombou mais em 2020?

Obrigado! Seu voto foi enviado.