X

NOTÍCIAS

Publicada em 26/02/2021 às 10:00 | Atualizada em 26/02/2021 às 18:06

FBI investiga se roubo dos cães de Lady Gaga teve motivação política e pai da cantora desabafa: - Estamos doentes por causa disso

Os cachorros da artista foram roubados na última quarta-feira, dia 24

Da Redação

Divulgação

Como você viu no ESTRELANDO, os cachorros da cantora Lady Gaga foram roubados em um assalto na última-terça feira, dia 24, e o funcionário que passeava com os animais foi baleado durante o ocorrido. 

Segundo o site The Sun, funcionários do FBI especializados em sequestro e o Departamento de Polícia de Los Angeles estão investigando se o roubo dos cachorros teve motivação política, devido à apresentação da cantora na posse do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. De acordo com o site, uma fonte revelou:

- Lady Gaga é de alto perfil, é claro, mas cantou na posse do presidente Biden, o que leva este caso a outro nível.

Investigadores também levantam a hipótese de ter ocorrido um assalto à mão armada e uma espera por recompensa, já que Lady Gaga ofereceu 500 mil dólares, cerca de dois milhões e 800 mil reais, para quem encontrar os buldogues.

O pai da artista, Joe Germanotta, afirmou para a revista People e para o New York Post que o ocorrido afetou a família toda:

- Atirar em alguém para roubar cães é errado. Estamos doentes por causa disso, é realmente horrível. É como se alguém tivesse levado um de seus filhos.

Ainda de acordo com a revista People, uma fonte afirmou que o funcionário que passeava com os cães da cantora, Ryan Fischer, era muito próximo aos animais:

- É de partir o coração e sei que ele deveria estar tentando protegê-los. Ele literalmente daria sua vida para qualquer um de nossos cães e eu certamente espero que esse não fosse o caso desta vez. Ele realmente cuidou desses cães como se fossem seus filhos e eles eram, quero dizer, ele era inacreditável - homem gentil.

Veja, a seguir, o vídeo que mostra o sequestro dos cachorros da Lady Gaga:


Em 2001, Sharon Stone sofreu com uma hemorragia cerebral e descreveu a dor como similar a um tiro na cabeça, mesmo que nunca tenha levado um. Em entrevista à revista Closer Weekly ela garante que chegou a ver a famigerada luz: - Eu senti que tinha morrido. Havia uma espécie de espiral de luz branca acima de mim e puf. Eu tive sorte de escapar dessa gloriosa e brilhante luz.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você acha que mais vai rolar dentro do Ilha Record?

Obrigado! Seu voto foi enviado.