X

NOTÍCIAS

Publicada em 09/06/2021 às 11:35 | Atualizada em 09/06/2021 às 12:03

No Power Couple, mulheres enfrentam prova de equilibrio enquanto Li Martins e Márcia Fellipe voltam a trocar farpas: - Você está neurótica

As duas colegas de confinamento bateram boca durante o jogo da discórdia do último domingo, dia 6

Da Redação

Montagem-Divulgação

O Power Couple Brasil 5 já completou um mês de confinamento, e as disputas estão cada vez mais desafiadoras! Na último terça-feira, dia 8, os casais tiveram a Prova das Mulheres, durante a qual as esposas deveriam equilibrar placas sobre uma mesa bamba, cujo tampo era controlado por uma corda, enquanto os maridos das adversárias tentavam atrapalhar seu progresso com uma arma de paintball. Haja concentração!

A proposta da tarefa era que as mulheres adivinhassem quatro coisas que seus maridos gostavam de fazer no tempo livre e que estavam escritas em placas, para então montar uma torre com o auxílio de bloquinhos de madeira - tudo isso enquanto equilibravam a mesa puxando uma corda. Como resultado, muitas participantes acabaram deixando a torre cair mais de uma vez e as disputas ficaram acirradas.

No fim das contas, se deram bem e dobraram o valor das apostas dos maridos Georgia Fröhlich, Renata Dominguez, Li Martins, Mirela Janis e Deborah Albuquerque. Por outro lado, Daniele Hypólito, Carolina Santos, Nina Cachoeira, Márcia Fellipe e Mari Matarazzo acabaram perdendo as apostas e ficando com o saldo um pouco menor.

Repercussão do Jogo da Discórdia

Mas não só de provas se vive o Power Couple: as brigas também estiveram presentes ao longo da terça-feira! Li Martins acabou desabafando com a amiga Deborah Albuquerque sobre a discussão que teve com Márcia Fellipe durante o último jogo da discórdia, e admitiu que ficou com peso na consciência:

- Fiquei mal pelas coisas que eu falei pra Marcinha, porque eu não sou de perder o controle assim, sabe? É que foi ação e reação né, eu acabei ficando reativa, mas não justifica, eu acho que eu não precisava ter gritado. Não precisava ter falado algumas coisas. Por mais que ela tenha me atacado primeiro e eu só reagi né. Me chamou de falsa. É que eu não gosto de ficar mal com as pessoas.

Deborah, por sua vez, aconselhou a colega a deixar a situação para lá:

- Não adianta sair correndo atrás dela, porque daí vai parecer… Desfoca dessa briga, essa briga não tem nada a ver.

Mais tarde, em conversa com o marido Bruno Salomão, Albuquerque criticou a decisão da amiga em tentar se reconciliar com Márcia, já que as duas são rivais acirradas dentro do jogo.

Logo antes da prova, no entanto, Márcia decidiu colocar a colega de confinamento em xeque na frente das outras participantes, pedindo que Li Martins esclarecesse suas acusações no jogo da discórdia:

- Vou aproveitar que estão todas as mulheres aqui e começar logo dizendo que eu não sou uma mulher de indireta, eu acho que já deu pra todo mundo perceber que eu sou uma mulher muito bem direta. E eu quero que você esclareça aqui perante todas qual foi a indireta que eu dei pra você, Li Martins.

Li, então, mordeu a isca e decidiu tentar esclarecer sua fala:

- Na primeira semana você começou a falar alto pela casa, brigando não sei se com a Deborah, não sei se comigo, não sei com quem era. Eu lembro que eu te perguntei: É comigo?, e você virou a cara. Pouco depois, cinco minutos depois, o JP entrou e perguntou o que que aconteceu, se era com ele, e você falou que sim. Então ali o que eu entendi foi que você tinha mandado uma indireta, porque depois você me disse que era pra Deborah e não pra mim, então eu achei uma atitude covarde.

Diante disso, Márcia voltou a se exaltar e a fazer acusações para Li Martins:

- Eu tenho certeza que se eu fizesse isso pra vocês, que são cheias de mimimi, que ficam falando as suas neuroses, porque isso aí é neurose, você está neurótica. Eu te chamei de falsa porque na frente da gente você fala de um jeito e nas costas você age diferente.

No fim das contas, a trégua não veio e as duas terminaram a conversa com Márcia fazendo uma série de acusações e ataques tanto à Li Martins quanto à Deborah. Depois, no confessionário, a esposa de JP chegou a chorar ao lembrar da situação:

- Fico muito triste por ser julgada por uma pessoa que não te conhece.

Vish! A seguir, relembre as brigas que marcaram a história do Power Couple Brasil:


Já na quarta edição Eliéser Ambrósio e Mariana Felício protagonizaram uma das brigas dentro da mansão. Os dois discutiram sobre pontos de vista do reality show. Eliéser chamou Mariana de falsa, pois a empresária o criticava no depoimento e depois o tratava bem. Mariana se defendeu dizendo: Não é porque discorda de alguém que precisa maltratar a pessoa. O que você acha?

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você está ansioso para a última parte de La Casa de Papel?

Obrigado! Seu voto foi enviado.