X

NOTÍCIAS

Publicada em 30/08/2021 às 13:08 | Atualizada em 30/08/2021 às 13:34

Autoridades francesas ficaram horrorizadas diante do acidente que causou a morte de princesa Diana, diz jornal

Um dos primeiros jornalistas a comparecer ao local afirma que as informações sobre a tragédia tiveram que ser decodificadas

Da Redação

The Grosby Group

Parece que a trágica morte da princesa Diana não foi um choque apenas para seus familiares e fãs, mas também para as autoridades. De acordo com o Daily Mail, um jornalista chamado Kevin Connolly - que foi um dos primeiros representantes da mídia a chegar no local do acidente - conta que as informações sobre o estado de saúde da mãe dos príncipes William e Harry estavam sendo passadas através de códigos, e aponta que os policiais não sabiam como lidar com uma tragédia tão grande. 

Na madrugada do dia 31 de agosto de 1997, Diana Spencer morreu em um hospital de Paris, na França, após sofrer uma acidente de carro em um túnel rodoviário da mesma cidade. Na sequência do acidente, diversos veículos de imprensa compareceram ao local, fazendo com que a polícia fosse mais cautelosa quanto às informações divulgadas, como conta o jornalista. Por isso, ele relata que os repórteres passaram a tentar decodificar o diálogo das autoridades entre si:

- Estávamos ouvindo com muita cautela as autoridades francesas e tentando decodificar o que nos diziam. A polícia estava sendo muito cuidadosa com as histórias que divulgava. As primeiras palavras da polícia e de fontes hospitalares foram: Sim, é a Princesa de Gales, e sim, ela foi ferida, mas não se tinha a noção, nas primeiras horas da madrugada, que ela talvez estivesse mortalmente ferida.

Kevin, que na época atuava como correspondente de um jornal de fora da França, ainda alega que as autoridades francesas estavam horrorizadas diante do acidente por não saberem como lidar com a tragédia internacional, e descreve a noite como bastante carregada e cautelosa ao admitir que compartilhou do choque dos policiais: 

- Eles estavam cientes da reação de escala global que a situação iria tomar, eles estavam cientes da intensidade global de interesse sobre o assunto. A noite era um borrão até aquele momento em que se está no início de um programa especial e você é a pessoa que tem que dizer que a Princesa de Gales morreu. Aquele momento único é provavelmente o que eu mais me lembro de toda a minha longa vida como correspondente.

A seguir, confira 12 declarações polêmicas de Lady Di que vieram à tona


Mas nem tudo são polêmicas! Em cartas descobertas apenas recentemente e escritas pela princesa Diana ao mordomo Cyril Dickman, que trabalhou para a família real por mais de 50 anos, descobrimos que Harry foi uma criança que muitas avós categorizariam como terrível. De acordo com o Mashable, os textos foram encontrados junto com diversos outros bens de Cyril que foram a leilão. Uma das cartas contava que Harry tinha problemas constantes na escola, enquanto outra falava sobre como William tratava o irmão pouco depois do seu nascimento: O William ama seu irmão caçula e passa o tempo todo mimando ele com muitos abraços e beijos, mal deixando os pais chegarem perto, dizia a carta, escrita por Diana.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você está achando das declarações de Gui Araujo em A Fazenda 13?

Obrigado! Seu voto foi enviado.