X

NOTÍCIAS

Publicada em 21/08/2020 às 15:05 | Atualizada em 21/08/2020 às 15:16

Lori Loughlin é condenada a dois meses de prisão após escândalo de fraude em universidade; saiba mais!

A atriz de Fuller House também servirá 150 horas de trabalho comunitário, além de uma multa de 840 mil reais

Da Redação

The Grosby Group

A atriz Lori Loughlin foi condenada a dois meses de prisão nesta sexta-feira, dia 21. Segundo informações do site norte-americano People, a estrela de Fuller House também terá que servir 150 horas de trabalho comunitário, além de pagar uma multa de 150 mil dólares, cerca de 840 mil reais.

A pena de prisão foi recomendada por promotores e enviada em um memorando de sentença para Loughlin e seu marido, o estilista Mossimo Giannulli, onde ambos concordaram em fazer um acordo judicial. Loughlin e seus advogados compareceram ao tribunal por meio de uma ligação no aplicativo Zoom e o juiz Nathaniel Gorton disse que aceitaria o acordo.

O casal foi acusado em 2019 de conspiração para cometer suborno em programas federais, além de acusações de conspiração para lavagem de dinheiro e conspiração para cometer fraude em correspondências e transferências eletrônicas. O esquema teria sido descoberto após Loughlin e outra atriz, Felicity Huffman, terem comprado as vagas de suas filhas na Universidade do Sul da Califórnia.

Tanto Lori quanto o marido se declararam inocentes antes de fazerem um acordo. Foi só em maio deste ano que Loughlin e Giannulli confessaram uma acusação de conspiração para cometer fraude eletrônica e postal.

Até o momento, não se sabe definitivamente quando Loughlin se apresentará na prisão.

A seguir, relembre mais famosos que têm ficha na polícia:


O ator Sam Shepard também já esteve atrás das grades por suspeita de dirigir embriagado. De acordo com com a revista Us Weekly, Sam foi visto por um segurança de um restaurante no Novo México, nos Estados Unidos, tentando dirigir o seu caminhão, mas foi impedido pela chegada dos policiais. Apesar do astro ter dito que havia tomado apenas dois drinques, o teste do bafômetro apontou o oposto: - Nossos policiais conseguiam sentir o hálito de Shepard e os seus olhos estavam vermelhos e lacrimejados, disse uma fonte. Não foi a primeira vez que Sam teve que se explicar para a polícia, já que em 2009 ele já havia sido detido por dirigir sob efeito de álcool e, como pena, teve que se tratar em uma clínica de reabilitação.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da foto sem retoques de Hariany Almeida?

Obrigado! Seu voto foi enviado.