X

FOTOS

Publicada em 29/09/2019 às 13:05 | Atualizada em 01/10/2019 às 13:42

Reynaldo Gianecchini revela relação com homens e declara: - Minha sexualidade não cabe numa gaveta

Em entrevista ao jornal O Globo, o ator ainda deu sua opinião sobre a polêmica de assédio envolvendo José Mayer

Da Redação

Reynaldo Giannechini está no ar como Régis em A Dona do Pedaço e, em entrevista ao jornal O Globo, o ator abriu o jogo sobre sua vida pessoal, falou sobre a curiosidade das pessoas a respeito da sua vida amorosa e ainda declarou que a sua sexualidade não cabe numa gaveta.

- Todo mundo fala da minha sexualidade, né? Me cobram muito. Quando é que você vai sair do armário? Primeiro, quero falar para essas pessoas: Antes de você achar tão interessante a sexualidade dos outros, dá uma olhadinha na sua. Talvez ela tenha mais nuances do que você pensa. Eu reconheço todas as partes dentro de mim: o homem, a mulher, o gay, o hétero, o bissexual, a criança e o velho. Como dentro de todo mundo. 

Para Gianecchini, sua vida sexual só diz respeito a ele mesmo.

- A sexualidade é muito mais ampla e as pessoas são levianas. Querem te encaixar numa gaveta, e eu não consigo, porque a sexualidade é o canal da vida e a minha sexualidade não cabe numa gaveta. Nossas questões e tabus passam por esse canal. Não é à toa que cada um tem seus fetiches, suas particularidades. E não tenho vontade de falar com quem estou transando, não preciso falar. Prezo minha liberdade de não citar nomes e proteger minha privacidade.

O ator lembra que as fofocas sobre sua sexualidade ocorriam, até mesmo, enquanto ele estava casado com Marília Gabriela.

- Mas já falavam desde a Marília, amore, eu era casado pra caramba, nunca vi um casamento tão inteiro, a gente vivia realmente uma história a dois de verdade. E já falavam coisas.

Em seguida, Gianecchini abriu o jogo sobre sua relação com homens.

- Já tive, sim, romances com homens e acho que é esse o momento de dizer isso. Mas nunca me senti obrigado a empunhar bandeira de homossexualidade. O desejo para mim não passa pelo gênero e nem pela idade. Demorei para falar porque isso esbarra sempre no tamanho do preconceito no Brasil. Mas agora é importante reafirmar a liberdade, por mim e por quem enfrenta repressão.

Na entrevista, ele ainda falou sobre outro assunto polêmico: o caso de assédio envolvendo José Mayer. Para quem não lembra,  o ator foi acusado de assediar sexualmente uma figurinista no início de 2017, na novela A Lei do Amor, na qual interpretava o vilão Tião. 

Segundo Gianecchini, a história foi injusta.  

- Acho que foi injusta essa história. Eu estava na novela junto com o Zé e duvido que ele tenha sido agressivo, passando do ponto no assédio. Há diferenças entre assédio e cantadas. Hoje enxergo uma comoção que não contribui para a verdade. A luta pelos direitos das mulheres às vezes atropela. O Zé Mayer é um puta artista e foi massacrado, sumiu, fechou-se em casa, não quer fazer nada. Houve um exagero com ele, declarou o ator.

A seguir, confira 21 famosos que já falaram abertamente sobre a bissexualidade


Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Para quem vai a sua torcida na final de A Fazenda 11?

Obrigado! Seu voto foi enviado.