X

FOTOS

Publicada em 12/05/2020 às 13:10 | Atualizada em 12/05/2020 às 14:18

Filhas de Gugu Liberato acusam a tia de não prestar contas e não informar o destino de ouro, relógios e joias do apresentador

Marina e Sofia contrataram uma advogada para enfrentar Aparecida Liberato, irmã de Gugu

Da Redação

X
X
Divulgação

A polêmica da herança de Gugu Liberato, morto em novembro de 2019, continua. Dessa vez, as duas filhas gêmeas do apresentador, Marina e Sofia, foram à Justiça para acusar a tia, Aparecida Liberato de não prestar contas. Aparecida foi escolhida para ser a inventariante do espólio do apresentador. As meninas pedem que ela disponibiliza informações sobre seguros de vida e previdências privadas, segundo informações da colunista Mônica Bergamo.

De acordo com a jornalista, Marina e Sofia querem ainda que a tia preste contas e esclareça o destino e quem está na guarda dos bens e valores que guarneciam as residências de [Gugu Liberato], notadamente as obras de arte e quadros valiosos, coleção de relógios, joias, pedras preciosas, ouro, cofres e dinheiro em espécie nos imóveis e escritórios situados no Brasil.

Para ambas, permanece um mistério o destino dado aos bens que guarneciam a residência de Gugu em São Paulo, inclusive dinheiro em espécie guardados ali, mas que já não mais estavam quando os três filhos chegaram ao Brasil para o velório, acompanhados da mãe, Rose Miriam di Matteo. Além das gêmeas, Rose e Gugu são pais de João Augusto, de 18 anos e idade.

Marina e Sofia ainda afirmam que Aparecida não estaria prestando contas de sua gestão. Nesse relato feito na Justiça, as duas mostram que há divergências até para a compra de carros para elas, pedido que Aparecida não teria encaminhado. Elas afirmam ainda que a tia se auto-nomeou gestora das empresas de Gugu, sem ter autorização para isso.

Ainda de acordo com Mônica Bergamo, a assessoria de Aparecida Liberato afirma que a advogada das sobrinhas, Viviane Ricci, foi indicação da própria mãe delas, Rose Di Matteo, e que as filhas menores foram influenciadas a assinar essa contratação. Ainda segundo a assessoria de Aparecida, Viviane é amiga pessoal e testemunha de Rose nesse processo. 

Procurada pelo ESTRELANDO, a assessoria de Gugu Liberato enviou o seguinte comunicado:

1 -Todas as contas e informações a respeito da administração de bens sempre estiveram à disposição dos herdeiros, incluindo as duas filhas menores, das partes, do juiz e do ministério público.
2 - Rose Miriam di Matteo traz um novo elemento com o objetivo de contrapor ao testamento. Sem autorização judicial, em nova manobra, contratou para suas filhas uma advogada que, além de ser sua amiga, é testemunha no processo que move contra suas próprias filhas, e, obviamente não conta com o aval da inventariante, pessoa escolhida por Gugu para proteger como curadora o patrimônio dos herdeiros. A inventariante e curadora das menores tem o dever de proteger e honrar a vontade de Gugu e manter unida a família.
3- Como em ocasiões anteriores, lamentamos que mais uma vez venham a público informações protegidas sob sigilo de justiça. Nossa base de defesa e atuação é o testamento deixado por Gugu. Qualquer ato ou pessoa que se contraponha à vontade de Gugu será firmemente combatida dentro do processo.

Lembrando que Thiago Salvático, suposto namorado de Gugu, também entrou na disputa pela herança.

Logo abaixo, confira a polêmica da herança do apresentador:

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Quem você acha que pode substituir o Faustão nos domingos da Globo?

Obrigado! Seu voto foi enviado.