X

NOTÍCIAS

Publicada em 21/08/2020 às 12:04 | Atualizada em 21/08/2020 às 12:25

Luiza Brunet se pronuncia após Justiça decidir que ela não tem direito à fortuna do ex: A minha vitória foi a condenação do meu agressor

Os desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo não reconheceram a união estável entre Luiza e Lírio Parisotto

Da Redação

Divulgação

O Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu que a modelo Luiza Brunet não tem direito à metade da fortuna do ex-companheiro, o empresário Lírio Parisotto. Segundo informações da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo, os desembargadores da 5ª Câmara do TJ-SP não reconheceram a união estável entre Luiza e Lírio, mas sim um namoro tormentoso. A decisão foi acertada após 3 votos a 0. 

Numa primeira tentativa de acordo, os advogados da modelo pediram por 100 milhões de reais, visto que a fortuna de Parisotto foi avaliada em 1,6 bilhões de dólares pela Forbes, em 2018. O empresário ganhou a causa na primeira instância, mas Luiza recorreu, o que gerou uma nova derrota a ela.

Na defesa, Lírio apresentou um capítulo da biografia autorizada de Brunet, que diz que ela tinha vivido um namoro maduro na época em que estava com o empresário.

Os dois se relacionaram entre 2012 e 2015, e Brunet terminou o relacionamento afirmando ter sido agredida por Lírio. Em 2019, ele foi condenado por agressão pela segunda vez, já que também recorreu ao primeiro processo sobre o caso. 

Nesta sexta-feira, dia 21, Luiza se pronunciou no Instagram sobre a decisão do Tribunal de Justiça em relação à fortuna do ex:

A minha maior vitória já aconteceu. Foi a condenação do meu agressor. O reconhecimento da união estável faz parte da minha vida e é um direito que eu tenho. A luta continua por mim e por todas as outras mulheres.

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Luiza Brunet 🧿 (@luizabrunetoficial) em


Nos Estados Unidos, o caso mais conhecido de agressão a uma famosa, com certeza foi o de Rihanna. Em 2009, a cantora foi agredida por Chris Brown quando namoravam há um bom tempo. O cantor nunca veio a público se desculpar pelo ocorrido, no entanto, decidiu fazer um desabafo emocionante em seu documentário Welcome to My Life. O vídeo mostra como ele era visto como um menino prodígio no mundo da música, e como seu relacionamento com Riri tinha tudo para dar certo. Afinal, os dois estavam estourando logo no começo da carreira, tinham uma música juntos e eram inseparáveis. De lá para cá, muitas coisas aconteceram. Segundo Chris, naquela época ele estava pensando em suicídio. Não comia, não dormia e só pensava em entorpecentes. A agressão marcou Rihanna para uma vida toda e, sobre isso, o cantor é sincero sobre como se enxerga nesta situação: - Eu me sinto um monstro. Já Riri soube dar a volta por cima e é muito admirada hoje em dia pela coragem de expor o caso e superar todo o drama que viveu. O rapper acabou sendo condenado a cinco anos de liberdade condicional e seis meses de serviço comunitário após se declarar culpado por agredir a ex, que em entrevista ao The Sun, desabafou sobre o ocorrido: - Foi estranho e confuso estar naquela posição e por mais raiva que eu tivesse e mais magoada e traída que me sentisse, eu pensei que ele cometeu aquele erro porque precisava de ajuda e quem iria ajudá-lo? Eu tive que lidar com tudo isso e não foi fácil para mim compreender em frente às câmeras e com o mundo assistindo. Era difícil prestar atenção na minha mente e entender as coisas porque tudo virou um circo e eu me senti protetora, senti que a única pessoa que odiavam era ele. Todos iriam dizer que ele era um monstro sem se preocupar com a fonte. E eu estava mais preocupada com ele.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Retrospectiva: qual famosa você acha que bombou mais em 2020?

Obrigado! Seu voto foi enviado.