X

NOTÍCIAS

Publicada em 04/05/2021 às 22:05 | Atualizada em 04/05/2021 às 22:10

Morre Paulo Gustavo, aos 42 anos de idade, por complicações da Covid-19

O ator e humorista estava internado desde o dia 13 de março para tratar da doença

Da Redação

Divulgação-TV Globo

Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira, dia 4, aos 42 anos de idade. Ele estava internado desde o dia 13 de março após ter sido diagnosticado com o novo coronavírus.

Após divulgar um boletim médico dizendo que ele havia piorado e que estava com o quadro irreversível, a assessoria de imprensa do ator acaba de enviar um novo comunicado ao ESTRELANDO comunicando a morte do ator.

Às 21h12 desta terça-feira, lamentavelmente o paciente Paulo Gustavo Monteiro faleceu, vítima da COVID-19 e suas complicações. Em todos os momentos de sua internação, tanto o paciente quanto os seus familiares e amigos próximos tiveram condutas irretocáveis, transmitindo confiança na equipe médica e nos demais profissionais que participaram de seu tratamento. A equipe profissional que participou de seu tratamento está profundamente consternada e solidária ao sofrimento de todos.

Entenda o caso

Paulo Gustavo foi internado, inicialmente, apenas para um acompanhamento mais detalhado de seu caso. Infelizmente, seu quadro clínico teve uma piora no dia 21 de março, quando a equipe médica decidiu intubar o humorista e submetê-lo à ventilação mecânica. Ele apresentou algumas evoluções positivas, mas precisou recorrer ao pulmão artificial no início de abril. Foi através do chamado ECMO, Oxigenação por Membrana Extracorpórea, que Paulo Gustavo adquiriu um quadro estável e de melhorias nas semanas seguintes.

Durante a internação, o artista passou por um procedimento chamado pleuroscopia, que permite a visualização do espaço entre a parede torácica e o pulmão. A técnica foi aplicada depois que o ator foi diagnosticado com uma fístula bronco-pleural. Paulo Gustavo recebeu transfusão de sangue nesse período e a ajuda de colegas famosos, como Cláudia Raia e Monique Alfradique.

No dia 11 de abril, a equipe médica afirmou que a situação do comediante era crítica. As fístulas bronco-pleurais identificadas e tratadas somaram-se a complicações hemorrágicas, e as diversas complicações pulmonares demandaram procedimentos invasivos como broncoscopias, pleuroscopias e colocação de dispositivos intrapulmonares. Mesmo assim, todos os profissionais permaneceram confiantes de sua recuperação, já que a maioria dos tratamentos adotados recebeu uma resposta positiva.

No dia 18 de abril, Susana Garcia, amiga de Paulo Gustavo, foi visitá-lo no hospital. Ela contou que o ator se mexeu duas vezes e tentou abrir a boca, e que também apertou sua mão, bem de leve. O depoimento de Susana veio como um mar de esperança para todos. Mesmo com uma pneumonia bacteriana, desenvolvida por volta do dia 27 de abril, o humorista apresentou pequenos sinais de interação, além de suas funções pulmonares seguirem melhorando, sem novas complicações.

No dia 2 de maio, os médicos decidiram reduzir os sedativos e o bloqueador neuromuscular. Paulo Gustavo acordou e interagiu com a equipe do hospital e com o marido, o dermatologista Thales Bretas. Infelizmente, à noite, houve uma piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, e novos exames mostraram a manifestação de uma embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa.

A partir daí, a situação clínica do ator foi considerada instável e de extrema gravidade.

Paulo Gustavo deixa o marido Thales Bretas e dois filhos, Gael e Romeu, de pouco mais de um ano de idade. O artista também deixa amigos e fãs por todo o Brasil. 


Morreu no dia 7 de janeiro o cantor Genival Lacerda, de 89 anos de idade. No Instagram, o filho do músico, Genival Lacerda Filho, publicou nos Stories a mensagem: Painho faleceu, sem mais detalhes sobre o assunto. João Lacerda, filho do artista, também confirmou a informação e divulgou uma nota lamentando a perda do pai: Hoje perdi um dos maiores amigos de minha vida, amigo da música, de ensinamentos, amigo que na hora de brigar, sempre brigava e minutos depois nem lembrava que brigava, porque não guardava mágoa de ninguém. Meu Anjo da guarda, minha Luz, minha vida, hoje ele fez sua última viagem para ficar ao lado do Senhor Deus. Ainda ontem lembro-me de seu sorriso, de apertar sua mão! Agora terei de aprender a viver com sua imagem, e lembranças de um bom pai. Vai na paz meu pai, sempre te amarei, teu João Lacerda Neto . A assessoria de imprensa do Hospital Unimed de Recife também divulgou um comunicado sobre a morte do músico: A Unimed Recife confirma o falecimento do cantor Genival Lacerda na manhã desta quinta-feira (07), no Hospital Unimed Recife 1, na Ilha do Leite, no Recife, onde estava internado.. Como você viu no ESTRELANDO, o ícone do forró estava internado desde o dia 30 de novembro em decorrência da Covid-19.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você gostou da troca dos horários dos programas Mais Você com o Encontro?

Obrigado! Seu voto foi enviado.