X

NOTÍCIAS

Publicada em 19/07/2021 às 10:20 | Atualizada em 19/07/2021 às 12:55

Em entrevista, Mel Lisboa e Seu Jorge falam como foi feita a gravação da série Paciente 63

Os atores revelaram que tudo foi feito muito distante e contaram também como ocorreu a preparação para encarar os personagens

Karina Dias

Divulgação: Bruno Poletti/Spotify

Chegounesta segunda-feira, dia 19, o trailer no Spotify de uma produção chamada Paciente 63 que narra no melhor estilo de rádio novela uma viagem no tempo durante algumas sessões terapêuticas de um paciente que transita entre o futuro e o passado.

E o ESTRELANDO foi convidado para bater um papo com os dois grandes protagonistas dessa web série: Mel Lisboa e Seu Jorge, e contaram como foi toda a preparação para encarar os personagens. Visto que, eles trabalham apenas com a voz durante a série e isso requer mais técnicas porque geralmente com a televisão nós temos total ajuda da parte visual. 

- O trabalho de áudio, voz original é um trabalho bastante técnico porque é preciso saber a técnica certa para colocar a sua voz em um determinado efeito, que vai passar a emoção precisa que a história e personagem estão sentindo. E tudo isso é necessário que você tenha um controle e conhecimento de seu aparelho! Eu já tinha feito alguns trabalhos de áudio e é um trabalho muito desafiador. A preparação é a seguinte: você recebe o roteiro, vai saber o que os personagens estão falando, tem que dar uma estudada no personagem, mas o grande desafio é o trabalho ser extremamente técnico, revelou Mel Lisboa.

E diferentemente de Mel Lisboa que já esteve fazendo trabalhos na televisão e no teatro, Seu Jorge tem um pouco menos de experiência na área e revelou que mesmo sendo algo super desafiador, ele adorou e futuramente vai fazer mais trabalhos desta mesma forma.

- Eu fiz muitas modificações porque eu não gostava da minha voz porque eu estava aprendendo todo o processo de fazer, mas agora depois dessa experiência eu me sinto muito mais preparado e é uma experiência que eu repetiria e vou repetir durante a minha vida!

A atriz comentou também que a gravação dela com Seu Jorge acabou sendo feita em estúdios diferentes e que eles se viam por meio de um iPad.

- A gente trabalhou fazendo leituras, conversamos muitos: eu, o Jorge e o diretor e a gente estava junto, mas em estúdios diferentes para fazer a gravação. Cada um entrava em uma sala, botava o fone, tinha um iPad na frente, microfone, outro iPad de lado que eu via a Jorge e ele via, mas é super frio. Esse é o grande diferencial!

Seu Jorge também revelou que estar em salas diferentes para realizar o trabalho é algo bem distante mesmo do que ele esperava.

- Esse negócio distante de não estar na mesma sala, não poder olhar pra ela, ver os gestos, trocar olhares porque a gente falava como se estivesse em uma conferência até a gente pegar o jeito de tudo isso foi verdadeiramente um desafio, mas por outro lado também foi muito gostoso!

Paciente 63 estará oficialmente disponível no Spotify no dia 22 de julho. Não perca!

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Qual casal é o mais queridinho da atualidade?

Obrigado! Seu voto foi enviado.