X

NOTÍCIAS

Publicada em 23/07/2021 às 09:03 | Atualizada em 23/07/2021 às 09:29

Após indiciamento, Nego do Borel teme perder passaporte e abre queixa contra Duda Reis, que rebate: Agressor tentando calar a vítima

O cantor ainda teria intenção de deixar o Brasil o mais depressa possível

Da Redação

Montagem-Divulgação

Como você acompanhou aqui no ESTRELANDO, Nego do Borel foi indiciado pelo crime de lesão corporal no âmbito da violência doméstica contra a ex-namorada Swellen Sauer e, através de um comunicado, declarou estar lidando com a situação com tranquilidade. Agora, de acordo com o jornal Extra, parece que a única preocupação do cantor para com a situação é ter seu passaporte apreendido. 

Nego teria planos de morar permanentemente nos Estados Unidos, país onde já estava passando uma temporada. Com isso, Nego só teria retornado ao Brasil para comemorar seu aniversário de 29 anos de idade, celebrado no dia 10 de julho, e para tratar da locação da casa onde morava no Rio de Janeiro. 

Diante das acusações, no entanto, ele parece com pressa em deixar o Brasil, como teria relatado uma fonte próxima ao artista:

Sua intenção era viajar o mais depressa possível de volta para o exterior, onde pretendia morar em definitivo. No momento, ele está tenso, correndo contra o tempo, com medo de não poder voltar.

O Extra também afirma que Nego do Borel pretende registrar uma ocorrência contra Swellen Sauer, tida como vítima no caso do indiciamento contra o cantor, alegando ser alvo de alegações mentirosas por parte da ex-namorada. De acordo com o veículo, a defesa do artista quer processar e desmentir a moça para tentar livrá-lo da acusação… Assim como está fazendo com Duda Reis.

Duda Reis é acusada de 31 crimes diferentes

De acordo com o colunista Alessandro Lo-Bianco, Nego do Borel entrou com uma queixa crime contra Duda Reis no dia 12 de julho, pedindo sua condenação por 31 crimes diferentes, como injúria, calúnia e difamação. No documento, ele afirma ter namorado a atriz durante três anos, e diz que, após o término, ela teria publicado uma série de vídeos nas redes sociais com o intuito de prejudicar sua imagem.

Já na noite da última quinta-feira, dia 22, Duda Reis decidiu se pronunciar através do Twitter sobre a situação, destacando que a atitude de Nego não passa de uma tentativa de silenciamento por parte de seu agressor.

A advogada de Duda Reis, Izabella Borges, também acabou se pronunciando sobre o caso nas redes sociais, ressaltando que a tentativa de impedir a vítima de violência doméstica de se manifestar publicamente constitui crime contra a liberdade de expressão:

- A verdade é que essa queixa-crime tenta transformar em ré uma vítima de violência doméstica em grave ofensa ao seu direito constitucional à liberdade de expressão. Na outra ocasião, quando ele tentou impedir que ela falasse a público, a Justiça reconheceu que a mulher em situação de violência doméstica tem o direito de falar, de se expressar, em especial quando os fatos que ela publica ou se manifesta publicamente são objetos de inquérito policial.

Nos comentários, Duda agradeceu o trabalho da profissional e ressaltou que não pretende se deixar abalar pela situação:

Sempre tentam nos calar! Mas eu escolho levantar minha voz e lutar por nossos direitos! Grata por ter o privilégio de ter você comigo e obrigada por defender toda essa causa com maestria! Agressores não passarão.

Confira o vídeo abaixo:

A seguir, relembre as famosas que já sofreram violência doméstica


Nos Estados Unidos, o caso mais conhecido de agressão a uma famosa, com certeza foi o de Rihanna. Em 2009, a cantora foi agredida por Chris Brown quando namoravam há um bom tempo. O cantor nunca veio a público se desculpar pelo ocorrido, no entanto, decidiu fazer um desabafo emocionante em seu documentário Welcome to My Life. O vídeo mostra como ele era visto como um menino prodígio no mundo da música, e como seu relacionamento com Riri tinha tudo para dar certo. Afinal, os dois estavam estourando logo no começo da carreira, tinham uma música juntos e eram inseparáveis. De lá para cá, muitas coisas aconteceram. Segundo Chris, naquela época ele estava pensando em suicídio. Não comia, não dormia e só pensava em entorpecentes. A agressão marcou Rihanna para uma vida toda e, sobre isso, o cantor é sincero sobre como se enxerga nesta situação: - Eu me sinto um monstro. Já Riri soube dar a volta por cima e é muito admirada hoje em dia pela coragem de expor o caso e superar todo o drama que viveu. O rapper acabou sendo condenado a cinco anos de liberdade condicional e seis meses de serviço comunitário após se declarar culpado por agredir a ex, que em entrevista ao The Sun, desabafou sobre o ocorrido: - Foi estranho e confuso estar naquela posição e por mais raiva que eu tivesse e mais magoada e traída que me sentisse, eu pensei que ele cometeu aquele erro porque precisava de ajuda e quem iria ajudá-lo? Eu tive que lidar com tudo isso e não foi fácil para mim compreender em frente às câmeras e com o mundo assistindo. Era difícil prestar atenção na minha mente e entender as coisas porque tudo virou um circo e eu me senti protetora, senti que a única pessoa que odiavam era ele. Todos iriam dizer que ele era um monstro sem se preocupar com a fonte. E eu estava mais preocupada com ele.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

A primeira treta de A Fazenda 13 aconteceu! De que lado você está?

Obrigado! Seu voto foi enviado.