X

NOTÍCIAS

Publicada em 13/03/2019 às 13:00 | Atualizada em 13/03/2019 às 13:28

Lori Loughlin é presa após ser acusada de comprar vagas em universidades para as filhas

Atriz teria pago para as filhas entrarem em equipe de remo

Da Redação

Divulgação

Segundo o The Hollywood Reporter, Lori Loughlin foi presa na manhã desta quarta-feira, dia 13, em Los Angeles, nos Estados Unidos por agentes do FBI. A atriz de Três é Demais está sendo acusada de participar de um esquema milionário de compras de vagas em universidades de elite.

Lori e o marido, o empresário Mossimo Giannulli, teriam pagado 500 mil dólares, cerca de dois milhões de reais para que as filhas, Isabella e Olivia, fossem recrutadas para o time de remo da Universidade da California.

Além de Loughlin, Felicity Huffman, da série Desperate Housewives, também foi acusada de participar do esquema. De acordo com o TMZ, A atriz também chegou a ser presa, mas foi liberada após pagar uma fiança de 250 mil dólares, ou seja, 950 mil reais.

A seguir, veja outros famosos que tem ficha na polícia! 


Filha de Steven Spielberg, Mikaela Spielberg foi presa dia 29 de fevereiro de 2020 após agredir seu namorado, Chuck Pankow, no estado do Tennessee, nos Estados Unidos. Segundo o TMZ, ela foi solta horas depois, com audiência marcada para decidir sobre o caso. Uma discussão teria acontecido após o casal deixar um bar, e Mikaela teria jogado objetos em Chuck, pois ele teria feito comentários rudes sobre ela.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da possível nova traição de Arthur Aguiar?

Obrigado! Seu voto foi enviado.