X

NOTÍCIAS

Publicada em 25/09/2019 às 16:13 | Atualizada em 25/09/2019 às 16:14

Ex-segurança de Michael Jackson nega acusações de pedofilia e revela que levava mulheres para dentro do quarto do cantor

Matt Fiddes também disse que o astro raramente estava em seu rancho, Neverland, onde os abusos sexuais teriam ocorrido

Da Redação

Divulgação

Como você conferiu aqui no ESTRELANDO, o documentário Leaving Neverland trouxe à tona informações alarmantes sobre Michael Jackson. Na produção, que venceu o Emmy, Wade Robson e James Safechuck acusam o Rei do Pop de pedofilia, por ter abusado sexualmente dos dois quando eram criança. Agora, em entrevista ao Metro UK, o antigo segurança de Michael, Matt Fiddes, resolveu se pronunciar sobre o assunto. 

Matt, que trabalhou com o cantor por mais de dez anos, até o momento de sua morte, em 2009, negou as acusações de pedofilia contra o astro, e disse se tratar de uma besteira - assim como os rumores de que ele não tinha relações sexuais com sua ex-esposa, Lisa Marie Presley. 

Toda essa história de pedofilia é totalmente sem sentido. Ele teve namoradas e um casamento legítimo com Lisa Marie, era assim que ele vivia sua vida. Nós éramos as pessoas que levavam garotas para dentro de seu quarto.

Matt também falou sobre o motivo pelo qual acredita que as acusações são falsas: Robson e Safechuck afirmam que os abusos sexuais ocorreram no rancho de Michael, em Neverland. O segurança, no entanto, revela que o Rei do Pop raramente ficava no local.

Nós tínhamos uma piada recorrente sobre ele nunca estar lá. Ele tinha que estar em Los Angeles para conduzir os negócios, é uma viagem de quase quatro horas e ele odiava ficar na estrada, então ele raramente estava lá. Ele ia apenas para fazer aparições públicas.

Matt também diz que, por estar sempre trabalhando, seria impossível que Michael tivesse mantido relações com os meninos sem que mais ninguém de sua equipe de segurança soubesse. O segurança também revelou que o cantor ficou muito abalado após ser acusado de pedofilia em 2003 - ele foi absolvido em 2005 - e que perdeu boa parte dos amigos. Tenso, hein? 

A seguir, relembre algumas polêmica da família Jackson:


E no hall das polêmicas ainda está o processo que a família Jackson abriu contra a empresa AEG. Eles acusam a companhia de ter sido negligente com a saúde do astro e, sendo assim, também responsável pela morte do cantor. A AEG foi responsável pela produção da turnê This is It, que Michael começaria em Londres.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

Você está ansioso para o nascimento do filho de Marília Mendonça?

Obrigado! Seu voto foi enviado.