X

NOTÍCIAS

Publicada em 27/04/2021 às 10:15 | Atualizada em 27/04/2021 às 10:28

Juiz rejeita processo de dançarino que acusa Michael Jackson de abuso sexual: Não há evidência

Wade Robson participou do polêmico documentário Leaving Neverland, da HBO

Da Redação

Divulgação

Wade Robson, que entrou com um processo contra Michael Jackson em 2013 alegando ter sido sexualmente abusado pelo cantor, perdeu novamente parte da batalha na Justiça. Segundo informações do jornal Metro UK, Mark A. Young, juiz de Los Angeles rejeitou esse processo do dançarino que também alegava que as empresas MJJ Productions e MJJ Ventures facilitaram essa suposta conduta do Rei do Pop.

O juiz informou o seguinte:

Não há nenhuma evidência que apoie a alegação do Autor de que os Réus exerceram controle sobre Jackson. A evidência demonstra ainda que os Réus não tinham capacidade legal para controlar Jackson, porque Jackson tinha propriedade total e completa dos réus corporativos.Sem controle, não há relação ou dever especial entre os Réus e o Requerente. Além disso, não há evidência de abuso por parte do Réu.

Jonathan Steinsapir, advogado do espólio de Michael Jackson, se pronunciou em comunicado: 

A partir de hoje, um julgamento sumário contra Wade Robson foi concedido três vezes diferentes por dois juízes diferentes do Tribunal Superior. Wade Robson passou os últimos oito anos perseguindo reivindicações frívolas em diferentes processos contra o espólio de Michael Jackson e empresas associadas a ele.Robson deu quase três dezenas de depoimentos e inspecionou e apresentou centenas de milhares de documentos tentando provar suas alegações, mas um juiz mais uma vez decidiu que as alegações de Robson não têm mérito algum, que nenhum julgamento é necessário e que seu último caso foi arquivado.

Já o advogado de Robson, Vince Finaldi, informou que irá fazer uma nova apelação:

Esta decisão do juiz Mark A. Young sofre das mesmas falhas fatais da decisão anterior do juiz anterior, Mitchell Beckloff, que pudemos anular na apelação. Por este motivo, iremos apelar ao Tribunal de Recurso e ao Supremo Tribunal, se necessário.Se permitida, a decisão abriria um precedente perigoso que deixaria milhares de crianças que trabalham na indústria do entretenimento vulneráveis ??ao abuso sexual por pessoas em posições de poder.As crianças de nosso estado merecem proteção, e não pararemos de lutar até que tenhamos certeza de que todas as crianças estão seguras.

Robson, que hoje tem 38 anos de idade, alega ter sido sexualmente abusado por Michael Jackson quando era criança. Ele alega que esses abusos começaram quando ele foi deixado sozinho com o cantor no rancho Neverland. Vale citar que essas alegações foram reveladas por ele no polêmico documentário Leaving Neverland, da HBO. 

Recentemente, James Safechuck, que também acusou o cantor, perdeu o processo.

Logo abaixo, relembre as polêmicas de Michael Jackson e sua família em 29 fotos:


E no hall das polêmicas ainda está o processo que a família Jackson abriu contra a empresa AEG. Eles acusam a companhia de ter sido negligente com a saúde do astro e, sendo assim, também responsável pela morte do cantor. A AEG foi responsável pela produção da turnê This is It, que Michael começaria em Londres.

Deixe um comentário

Atenção! Os comentários do portal Estrelando são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios poderão ser denunciados pelos outros usuários, acarretando até mesmo na perda da conta no Facebook.

Enquete

O que você achou da saída precoce do Faustão da Globo?

Obrigado! Seu voto foi enviado.